Origem

Um modelo de referência é a Catequese Familiar (CF) chilena. Nasceu na arquidiocese de Santiago do Chile, estendendo-se progressivamente às outras dioceses chilenas, logo após o Concílio, tendo o mérito de ser uma das primeiras experiências deste tipo de catequese a transformar-se em actividade pastoral prioritária, a nível nacional. O seu carácter popular, os efeitos que produziu e a sua vasta difusão, tornaram-na uma referência incontornável na abordagem da CF.

Surgindo, inicialmente, como apoio à catequese infantil, a CF passou a centrar-se nos adultos como os primeiros sujeitos do itinerário de evangelização e catequese. Esta CF tem fundamentalmente três objectivos, sendo progressivamente desenvolvidos ao longo de dois anos: evangelizar os pais, aproveitando a preparação dos filhos para a Primeira Comunhão; orientar as famílias para uma integração activa nas suas paróquias, de preferência em Comunidades Eclesiais de Base; despertar e promover o compromisso social nos pais e nos filhos como fruto da sua adesão a Cristo.

O próprio CELAM assumiu a promoção desta CF a nível da América Latina.

As experiências de Catequese familiar na Europa

Em Itália, as primeiras experiências foram surgindo também logo após o Concílio Vaticano II. Na diocese de Roma, já desde o início dos anos 70 se falava da realidade chilena e se realizaram algumas experiências. Giusti, no seu livro, La via italiana alla catechesi familiare, apresenta, entre outras, um conjunto de experiências e projectos de CF realizados com êxito em várias dioceses italianas, tais como: Trento, Verona, Brescia, Vicenza, Pisa, Milão, Florença e Cremona. Este conjunto de referências mostra o quanto a Igreja italiana acredita na centralidade pastoral deste tipo de catequese e a sua pertinência para mudar o modelo da iniciação cristã. Destacamos a proposta do «método a quatro tempos», lançado na diocese de Verona, que aceita a exigência da mudança gradual do modelo de iniciação cristã e mostra-se como uma ocasião de primeiro anúncio e uma oportunidade para uma proposta bem articulada e atraente da fé cristã.

Todas estas propostas têm um modelo comum, o chileno, apenas com algumas pequenas variantes, como, por exemplo, o tempo de duração do processo. Contudo, a consciência progressiva da sua urgência e necessidade, por toda a Europa, acompanha a afirmação crescente da centralidade da Catequese de Adultos e a necessidade de, a partir desta, se coordenarem as catequeses das outras idades.

Site por Terra das Ideias