0 / 0

Dia Mundial da Alimentação: A «fome é uma vergonha» para a Humanidade, Papa Francisco (C\vídeo)

Papa sustentou a necessidade de criar um «fundo mundial» para acabar com a fome do mundo

“Para a humanidade, a fome não é só uma tragédia, mas também uma vergonha. Em grande parte, é provocada por uma distribuição desigual dos frutos da terra, à qual se acrescentam a falta de investimentos no setor agrícola, as consequências das mudanças climáticas e o aumento dos conflitos em várias regiões do planeta. Por outro lado, assistimos ao desperdício de toneladas de alimentos. Diante desta realidade, não podemos permanecer insensíveis ou paralisados. Somos todos responsáveis”, afirmou o papa na vídeo mensagem divulgada pelos serviços de comunicação do Vaticano e dirigida à Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO).

Francisco reiterou a proposta do Papa João Paulo VI na encíclica Populorum Progressio», e constante na Fratelli Tutti, de criação de fundo global para alimentos, com dinheiro das despesas militares.

“Uma decisão corajosa seria a de se constituir, com o dinheiro que se usa em armas e outros gastos militares um «fundo mundial» para que se possa derrotar definitivamente a obra e ajudar ao desenvolvimento dos países mais pobres”, exortou.

Para o papa tal medida permitiria “evitar muitas guerras e as migrações de tantos irmãos nossos e suas famílias forçados a abandonar as suas casas em busca de uma vida mais digna”.

Nos 75 anos da organização da ONU, cuja sede está em Roma, o Papa lembrou que é fundamental “uma ação conjunta” e “novas iniciativas que melhorem o meio ambiente”.

“No decorrer destes 75 anos, a FAO aprendeu que não é suficiente produzir alimento, mas é preciso também garantir sistemas alimentares que sejam sustentáveis e ofereçam dietas saudáveis e acessíveis a todos.” 

Francisco considera que é chegado o tempo de terminar com “discussões dialéticas ou ideológicas” nos afastam do objetivo de erradicar a fome e permitem que “os nossos irmãos e irmãs continuem a morrer por falta de alimento”, para ações concretas.

Educris|16.10.2020



Newsletter Educris

Receba as nossas novidades