0 / 0

D. Antonino Dias recorda docente falecido

Bispo de Portalegre-castelo Branco recordou “vida dedicada à evangelização” de Luis Cunha

A disciplina de Educação Moral e Religiosa Católica (EMRC) está mais pobre com o falecimento do professor Luís Eduardo Raposo Cunha que partiu para a “casa do Pai” no passado dia 12 de janeiro vítima de enfarte.

Com larga experiência na lecionação da EMRC na região de Lisboa o docente trabalhava, atualmente, no Agrupamento de Escolas de Proença-a-Nova, onde a notícia foi recebida com consternação por docentes, funcionários e alunos.

Na eucaristia das exéquias, e perante centenas de pessoas que quiseram prestar uma última homenagem ao professor de EMRC, D. Antonino Dias, Bispo da Diocese de Portalegre-Castelo Branco, destacou “a vida dedicada pelo falecido à causa da evangelização” e apresentou “a esperança cristã na ressurreição” como certeza da ressurreição de todos.

Natural de Aldeia Nova do Cabo – Fundão, Luís Cunha tinha 58 anos tendo lecionado a disciplina nos últimos 30 anos nas regiões de Lisboa e Beira Baixa.

Educris|16.01.2020



Newsletter Educris

Receba as nossas novidades