EESTATÍSTICAS DIOCESES E ESCOLAS

UTILIZADOR:  
PASSWORD:    

Braga: Professores desafiados a serem «semeadores da esperança»

Centena e meia de docentes de Educação Moral e Religiosa Católica da Arquidiocese de Braga estiveram reunidos no início de novo ano escolar

Presente no encontro D. Nuno Almeida, bispo auxiliar de Braga, apresentou aos docentes o plano pastoral pata o corrente ano e sustentou que o mesmo “apela à renovação das comunidades e motiva à missão”:

“Olhando para São Paulo percecionamos que é a tribulação que forja a esperança. Esta é animada pela audácia, está enraizada no passado e antecipa o futuro. É a esperança que dá sentido à vida”, reforçou.

Para o bispo auxiliar de Braga é fundamental que os cristãos, e os professores em particular, “superem as lamentações para serem pessoas de esperança”:

“Peço-vos que sejais na escola semeadores da esperança”, apelou.

Projetos em apresentação

Após as palavras de boas vindas de D. Nuno Almeida, os docentes escutaram os responsáveis da Caritas diocesana apresentar os projetos de emergência social como o projeto «Mais Próximo» e o «Partilhar a viagem».

O projeto «Mais próximo» consiste na “oração, uma vez por mês, com os sem abrigo”. O «Partilhar a Viagem» é a resposta da organização aos sucessivos apelos do Papa Francisco que tem chamado a atenção para a crise dos migrantes:

“Através de uma mala de viagem, simbólica, queremos que os alunos possam ler cartas de migrantes, refugiados e sem abrigo”.

À posteriori as cartas vão ser entregues em Roma e as mais significativas vão ser transformadas em livro. Aos docentes cabe o desafio de fazer “passar e levar a mala às escolas onde se regista maior presença de migrantes e mesmo refugiados”.

O encontro terminou com a celebração da eucaristia presidida pelo padre Domingos Paulo, também ele docente de EMRC.

Finalmente foi ainda oferecida colaboração para a realização de várias atividades relacionadas com voluntariado e ação social nas escolas.




© SNEC, Todos os Direitos reservados | Contactos |