EESTATÍSTICAS DIOCESES E ESCOLAS

UTILIZADOR:  
PASSWORD:    

Fátima: XVII Interescolas mostrou um "coração grande"

No passado dia 26 de maio mais de 4 mil alunos da disciplina de Educação Moral e Religiosa Católica (EMRC) de catorze dioceses portuguesas participaram na iniciativa nacional sob o tema «Obrigado Maria, 100 anos Contigo!».

Ao Educris o coordenador nacional da EMRC, professor Fernando Moita, apontou a dimensão da "gratidão" como marca do encontro:

"Quisemos trazer a dimensão da gratidão para esta iniciativa e daí propormos às escolas que cada uma trouxesse um coração que é o símbolo para dizer que nós, os humanos, agradecemos o que de bom temos".

O tema do encontro trouxe o valor de "ser-se agradecido" e destacou o Centenário das Aparições da Cova da iria como marco na história do cristianismo em Portugal:

"Este ano sintetizámos no lema «Obrigado Maria, 100 anos Contigo!» o que queriamos que os nossos alunos levassem deste lugar. Foi uma tentativa de levar os mais pequenos a saborearem e experimentarem tudo o que se viveu e vive à volta do centenário das aparições em Fátima".

A iniciativa ficou marcada pela adaptação da teatro do livro «O principezinho» de Antoine de Saint Exupery e por uma celebração na Basílica da Santíssima Trindade. D. Manuel pelino Domingues agradeceu aos alunos "o coração grande que demonstrais ter perante os vossos pais, educadores e colegas".

O presidente da Comissão Episcopal da Educação Cristã e Doutrina da Fé (CEECDF) lembrou a EMRC como a oportunidade "de formar para o caminho do bem, ligando-se a Deus e a sermos amigos uns dos outros".

O prelado agradeceu a "dedicação e entusiasmo de tantos professores de EMRC" e pediu-lhe "paixão pela disciplina e pelo seu programa" pois apenas desse modo a EMRC "tem futuro perante as novas gerações".

A experiência da disciplina no 1º ciclo

A professora Carina, do Colégio de Gaia, explicou ao Educris os desafios e as propostas que realiza para apresentar e fazer aprender o dado moral aos mais pequenos:

"Os valores da disciplina são importantes porque fazem a diferença no seu crescimento. Por exemplo quando abordamos a bondade fazemo-lo a partir da própria experiência humana dos alunos".

A docente apontou a "proximidade com os alunos" e a "criatividade" como fundamentais para a construção do conhecimento nesta faixa etária:

"Temos de criar relação com eles. Trabalhamos pedagogicamente através da música, do teatro, de exemplos simples como a questão do girassol e toda a simbólica a ele associados. Temos de ser criativos. No 1º ciclo não funciona sempre a mesma estratégia pedagógica e temos de estar sempre prontos para os escutar".

Veja a galeria de imagens que preparámos para si



Recursos:
XVII Interescolas do 1º Ciclo:



© SNEC, Todos os Direitos reservados | Contactos |