EESTATÍSTICAS DIOCESES E ESCOLAS

UTILIZADOR:  
PASSWORD:    

Porto: "Fascina-me o fenómeno da Religião"

Eduarda frequenta o décimo segundo ano de escolaridade e não nega "um certo fascínio pela religião" e pelo modo como as aulas lhe permitem "desenvolver capacidades sociais e interativas". Na semana de EMRC2017 este é mais um testemunho de uma aluna a explicar o porquê da opção pela disciplina.
O Agrupamento de Esclas D. Dinis, em Sano Tirso, diocese do Porto, recebe a aluna na àrea de Artes Visuais. Ao EDUCRIS Eduarda começou por explicar as razões da sua escolha pela disciplina:
"Umas das principais razões que me levaram a inscrever na disciplina de EMRC foi o desenvolvimento das minhas capacidades sociais e interativas, assim como a eventual evolução cultural".
Para esta discente "a disciplina abriu os meus horizontes e fez-me sonhar mais e acreditar mais na concretização dos meus sonhos", sustenta. Perante a diversidade de temáticas que se encontram no programa da disciplina do secundário Eduarda não tem dúvidas: "Agrada-me tudo o que tenha a ver com religião, Indentifico-me com esta àrea do conhecimento e não sei muito bem porquê! Fico fascinada e talvez esteja relacionado com o o facto de não conseguir perceber como é que, algo tão vulnerável e facilmente adulterável em que não há propriamente meios concretos para refutar o que quer que seja que dela advenha, conseguiu manter a humanidade tão próxima e tão religiosamente subordinada a ela", sintetiza.
Sobre as aulas em si destaca o "ambiente positivo" e os "temas debatidos" como fundamentais para "me fazerem mais sociável e, portanto, desenvolver melhor a relação com os outros".
A Semana EMRC 2017 decorre até à próxima sexta-feira. O EDUCRIS traz-lhe, ao longo de toda a semana, um conjunto de testemunhos de pais e alunos sobre a sua opção pela disciplina.




© SNEC, Todos os Direitos reservados | Contactos |