EESTATÍSTICAS DIOCESES E ESCOLAS

UTILIZADOR:  
PASSWORD:    

Coordenador nacional faz “balanço positivo” da iniciativa de formação

Mais de 250 professores de Educação Moral e Religiosa Católica (EMRC) das dioceses do sul e ilhas estiveram reunidos em Carcavelos para dois dias de formação subordinada ao tema «Dignidade da vida humana: Um percurso em construção numa Escola com lu (cide)z.»

No final da formação Fernando Moita, Coordenador da disciplina no Secretariado Nacional da Educação Cristã (SNEC) fez um “balanço muito positivo” da ação e disse esperar “uma grande formação dentro de duas semanas no Porto”:

“O balanço é muito positivo porque proporcionou aos professores um momento importante de encontro e de diálogo, à volta de um tema que exige uma reflexão séria e sistemática, acerca de questão fraturantes como são as questões da dignidade humana”.

Para o coordenador da EMRC no SNEC esta formação permitiu aos docentes “redescobrir a beleza da vida humana” e, por outro lado, “identificar chagas que ofendem a dignidade desta vida”.

Consciente das mudanças estruturais que vive a sociedade atual Fernando Moita disse acreditar que “os docentes de EMRC são solidários com aqueles que sofrem situações de desumanização, que abrem chagas sociais e pessoais graves” e preparam-se, com estas formações, “para em contexto de sala de aula, de projeto educativo possam ser ajuda válida para as escolas e as gerações futuras na identificação daquilo que atenta a dignidade da vida humana os alunos e nos outros à sua volta”.

Para o coordenador nacional é fundamental que a escola “forme pessoas conscientes dos diversos documentos que protegem a dignidade humana e que sejam capazes de atuar em situações concretas para defender a vida do outro”.

Porto recebe formação nos dias 11 e 12 de fevereiro

Pela primeira vez o SNEC, através do seu departamento de EMRC, optou por duas formações com o mesmo programa em detrimento do Fórum anual que se tem realizado em Fátima. Em vésperas de nova formação Fernando Moita disse esperar “um grande numero de professores de EMRC, talvez até maior do que este que esteve aqui presente, para que possam também formar-se melhor nestas questões e refletir em conjunto sobre estas questões de modo a conseguirem ser presença qualificada em contexto de escola”.

A formação para docentes de EMRC vai decorrer na casa do Vilar, no Porto, e espera receber mais de 350 professores da região centro e norte.




© SNEC, Todos os Direitos reservados | Contactos |