EESTATÍSTICAS DIOCESES E ESCOLAS

UTILIZADOR:  
PASSWORD:    

Formação: Educar para a dignidade humana a partir das ultimas novidades da ciência

No final da manhã da formação Dignidade da vida humana: Um percurso em construção numa Escola com lu (cide)z, Helena Marujo, professora de psicologia no Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas (ISCSP) trouxe à análise o tema da “nobreza na educação: caminhos virtuosos no reconhecimento da dignidade humana”.

A especialista começou por afirmar aos docentes de que nenhuma “pesquisa é neutra, como nenhuma educação é neutra porque uma e outra são impregnadas de nós mesmos e nós somos seres de preferências”.

Apontando para a necessidade de “ouvir, escutar e aprender” o que de mais “recente está a ser estudado a nível mundial e que aponta a virtuosidade como uma área de estudo académico e empírico”.

Helena Marujo apontou, em seguida, a escola como um “lugar onde se pode e deve treinar a positividade” e onde a “construção do caráter e das virtudes seja fomentada e investigada”.

Na parte final da sua apresentação a pesquisadora do ISCSP apresentou dados concretos que podem “fazer a diferença nas novas gerações” que vão desde o treino “das motivações intrínsecas e extrínsecas” até ao modo como “o humor pode ser usado pelos docentes dentro de sala de aula em ambientes mais difíceis”:

“O importante é perceber de que tudo pode, de facto, sem aprendido e treinado. Para isso é preciso conhecer a fundo o que influência, em cada contexto, a noção de bem-estar e de felicidade”.

A este propósito terminou a sua apresentação abordando a direta relação entre “o sucesso escolar e os níveis de esperança no individuo”.




© SNEC, Todos os Direitos reservados | Contactos |