0 / 0

Política: Grupo de católicos entrega «Fratelli Tutti» aos deputados portugueses

Iniciativa decorre esta quinta-feira, na Assembleia da República

Um grupo de católicos vai oferecer esta quinta-feira a encíclica ‘Fratelli Tutti’, do Papa Francisco, aos deputados e governantes, com o objetivo de os encorajar “a novas políticas sociais e económicas”.

De acordo com Eugénio Fonseca, citado pelo portal 7Margens, a "ideia nasceu a partir de um pequeno grupo de pessoas não-católicas com quem me encontro de vez em quando e que fez rasgados elogios à encíclica”.

Para o antigo presidente da Cáritas Portuguesa, e um dos dinamizadores da iniciativa, esta "entrega simbólica" presente ser "um sinal à sociedade e aos grupos da Igreja para a leitura da Fratelli Tutti”.

“Este documento não pode ser esquecido e ir diretamente para a prateleira dos livros” porque “é um documento para uma nova ordem mundial, tanto política como económica e social”, sustenta.

Várias pessoas se mobilizaram e foram adquiridos 339 exemplares do texto, já que além dos 230 deputados, também os membros do Governo (ministros e secretários de Estado) são visados pela iniciativa.

Representantes dos diferentes grupos parlamentares e os deputados estarão, às 14h30 desta quinta-feira, dia 7 de janeiro, no átrio exterior da entrada principal do Parlamento para receber, em todas as condições de segurança, os exemplares destinados a cada deputado.

Entre os católicos que participam na iniciativa estão nomes como o de Manuela Eanes, a escritora Alice Vieira, a reitora da Universidade Católica, Isabel Capeloa Gil, o antigo dirigente do CDS José Ribeiro e Castro, bem como a antiga deputada Maria do Rosário Carneiro ou o jurista Pedro Vaz Patto, presidente da Comissão Justiça e Paz.

Educris|06.01.2021



Newsletter Educris

Receba as nossas novidades