0 / 0

SDER apresenta plano de atividades num ano marcado pela incerteza

Padre Paulo Malicia deixou mensagem de incentivo aos docentes de EMRC de lisboa

“Este foi um ano particularmente difícil e esgotante. Talvez tenha sido o ano mais anormal da nossa vida como docentes”, revela o diretor do Secretariado Diocesano do Ensino Religioso Escolar na missiva enviada aos professores que lecionam em Lisboa.

O responsável lembra “a mudança abrupta” provocada pela pandemia e a necessidade de “nos reinventarmo-nos e deitar mãos dos meios possíveis para continuar a exercer a nossa missão como docentes de EMRC no meio de tantos desafios”.

Numa altura em que o Ministério da Educação já enviou às escolas algumas orientações para o novo ano letivo o padre Paulo Malicia prevê “um ano particularmente difícil e exigente para todos” e afirma-se “com esperança no futuro”, acreditando “na nossa capacidade e missão”.

Atividades em agenda

Para o novo ano letivo, e ainda com muitas incertezas, o SDER planeia a realização do XXII Interescolas Diocesano para o 2º e 3º ciclos em Fátima a 5 de março de 2021.

Antes disso os professores do grupo 290 vão reunir-se, a 20 de outubro, no Colégio Senhora da Boa Nova, onde vai ser apresentado o tema anual. A 12 novembro 2020 realiza-se a segunda edição do «UP-OESTE, Põe-te a Mexer» que reúne as zonas oeste 2 e 3 do Patriarcado de Lisboa. A primeira edição contou com cerca de sete centenas de alunos e com ações solidárias.

A 8 de Janeiro tem lugar o «jantar de Reis» e o SDER quer realizar, em julho de 2021, um encontro/convívio final para os docentes.

Imagem: Arquivo Educris

Educris|20.08.2020



Newsletter Educris

Receba as nossas novidades