0 / 0

Covid-19: Conferência Episcopal convida à oração do Terço

Bispos Portugueses unem-se ao Papa Francisco e a outras Conferências em todo o mundo para a oração do Terço

A Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) convidou as famílias "a rezar o terço", esta quinta-feira, pelos "atingidos pela pandemia do coronavírus".

"A Conferência Episcopal comunga da iniciativa proposta pela Conferência Episcopal Italiana, esta manhã salientada pelo Papa Francisco na Audiência Geral e por D. Manuel Clemente na Santa Missa a que presidiu na Rádio Renascença, para que amanhã, Solenidade de São José, se reze o Rosário segundo os Mistérios Luminosos por todos os atingidos pela pandemia do coronavírus”, indica o comunicado dos Bispos Portugueses.

O secretário e porta-voz da CEP, padre Manuel Barbosa, pede que o terço seja rezado em família e propõe, como intenções "os defuntos, para que estejam na paz eterna do Pai," e "os doentes e pessoas que cuidam deles e arriscam a sua vida neste serviço (médicos, enfermeiros e voluntários)”.

O Apelo é a que se "reze, em famílias e comunidades religiosas para que amanhã, pelas 21 horas, rezem o “Terço” por intercessão de São José”, refere o documento.

Assembleia Plenária da CEP adiada

Também a Assembleia Plenária da CEP, prevista para abril (20 a 23) fica adiada para junho (de 15 a 17).

"Por indicação do Conselho Permanente da Conferência Episcopal Portuguesa, informa-se que a Assembleia Plenária da CEP, que estava prevista para 20-23 de abril de 2020, fica adiada para 15-17 de junho de 2020”.

Nesta Assembleia Plenária vai eleger-se a nova presidência da CEP, o Conselho Permanente e os responsáveis pelas várias Comissões Episcopais.

O secretário e porta-voz da CEP acrescenta que a Assembleia da CEP realiza-se nos dias em que estava previsto decorrer as Jornadas Pastorais do Episcopado, que não se realizam.

Iniciativa da Conferência Episcopal Italiana com o apoio do Papa Francisco.

No final da audiência-geral das quartas-feiras, onde refletiu sobre a «Misericórdia» o Papa Francisco mostrou-se unido ao apelo dos bispos italianos que haviam já convocado um momento de oração por todos os afetados naquele que é o país com mais casos de Covid-19 fora da China.

"Cada família, cada fiel, cada comunidade religiosa: todos unidos espiritualmente, amanhã (quinta-feira), pelas 21h00, na recitação do Rosário, com os mistérios luminosos. Eu vos acompanharei, desde aqui”, apontou.

Educris|19.03.2020

 

 



Newsletter Educris

Receba as nossas novidades