EESTATÍSTICAS DIOCESES E ESCOLAS

UTILIZADOR:  
PASSWORD:    

EMRC/APEC: Campanha de natal desafia à prática da misericórdia

O Departamento do Ensino Religioso Escolar (DERE) do Secretariado Nacional da Educação Cristã (SNEC) em parceria com a Associação Portuguesa das Escolas Católicas (APEC) lançaram hoje a Campanha de Natal 2015.

"Vai e faz o Bem" é o tema desta Campanha que procura "interpelar os alunos e as comunidades educativas" a serem "agentes do Bem e do Amor em contexto escolar", refere Fernando Moita coordenador do DERE.

Em vésperas do Ano da Misericórdia, que tem o seu início marcado para o próximo dia 8 de dezembro, o DERE e a APEC pretendem que os "docentes e os alunos rentabilizem os múltiplos gestos de misericórdia que já realizam e promovem, nas suas realidades educativas, sob o lema Vai e faz o Bem”.

A Campanha de Natal 2015 pretende  "provocar os alunos para que levem o Amor àqueles que mais necessitam, em pequenos grupos e, quando possível, em articulação com as dinâmicas paroquiais". No comunicado enviado a todos as Escolas Católicas e a todos os Secretariados Diocesanos do Ensino Religioso Escolar afirma-se que "estes mensageiros da misericórdia são convidados a visitar os doentes, os idosos, a colaborar em situações concretas na escola, a fazer as compras a quem não pode sair de casa, descobrindo a alegria da misericórdia".

Misericórdia assente na caridade

No conjunto dos gestos concretos propostos pela organização os organizadores da Campanha de natal 2015 propõem que se "dê maior destaque ao que já se faz em muitas escolas por altura do Natal" ao nível da  "recolha de bens alimentares/outros, junto das lojas de comércio tradicional e grandes superfícies comerciais".

Cada comunidade escolar é "convidada a organizar internamente a recolha desses bens ao longo da primeira semana de dezembro (de 30 de novembro a 4 de dezembro). O dia 5 de dezembro, sábado, destina-se à recolha de bens, privilegiando as lojas de comércio tradicional". Na procura de pontes e de simbioses entre instituições a Campanha propõe que "as escolas da mesma região se encontrem e organizem todo o processo" de modo a entrarem em contacto umas com as outras e com as "Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) ou estruturas de apoio social que entenderem "consoante  os bens recolhidos".

Até dia 14 de dezembro, a quantidade de bens recolhidos e instituições apoiadas são indicadas, por cada agrupamento de escolas (estatais e privadas não católicas), aos secretariados diocesanos de EMRC. Por sua vez, as escolas católicas darão essa informação aos responsáveis diocesanos da Escola Católica ou à APEC.

Dos resultados obtidos será enviado, até ao final de dezembro, um relatório para o DERE que os publicará aqui mesmo no www.educris.com

 

Em anexo encontra a Carta de apresentação da campanha de Natal 2015 bem como um Cartaz que permite a impressão em formato A3

 


Anexos:

AJUDA de Navegação


© SNEC, Todos os Direitos reservados | Contactos |