EESTATÍSTICAS DIOCESES E ESCOLAS

UTILIZADOR:  
PASSWORD:    

Angra: Pandemia provocou «reinvenção», na catequese, padre Jacob Vasconcelos

Incerteza acerca da evolução da pandemia torna «difícil estar a dar corpo a um calendário para o próximo ano pastoral», afirma o diretor do Serviço Diocesano da Catequese Evangelização e Missão da diocese de Angra, nos Açores

O Covid-19 obrigou a uma “reinvenção” dos meios e dos métodos catequéticos em virtude “do confinamento a que estivemos sujeitos”.

“Após a chegada da pandemia, o confinamento obrigou-nos a ponderarmos as iniciativas e a reinventarmo-nos”, disse o padre Jacob Vasconcelos em entrevista ao sítio online diocesano ‘Igreja Açores’.

Para o sacerdote o balanço do ano pastoral “é positivo”, apesar “dos ritmos diferentes e das dificuldades que muitos tiveram em se adaptar às novas realidades digitais”.

Ainda assim “o mais importante que tudo é que, cada um, ao seu jeito, conseguiu continuar a difundir o Evangelho”, argumenta.

Numa diocese “com grande amplitude territorial” o Serviço Diocesano da Catequese Evangelização e Missão ajudou os catequistas a preparar a sessão semanal de catequese e desafiou ao uso das novas tecnologias.

Para o próximo ano pastoral o padre Jacob afirma “já ter muitas coisas pensadas,” mas “a incerteza da evolução do coronavírus torna difícil a sua calendarização”.

“É difícil estar a dar corpo a um calendário quando não sabe como vai ser o próximo ano por causa da pandemia”.

Em ano de celebração, o Serviço Diocesano da Catequese Evangelização e Missão vai celebrar 60 anos, está já em curso um recenseamento para conhecer “a realidade da catequese o arquipélago”.

Educris|02.07.2020



AJUDA de Navegação


© SNEC, Todos os Direitos reservados | Contactos |