EESTATÍSTICAS DIOCESES E ESCOLAS

UTILIZADOR:  
PASSWORD:    

Diretório2020: «Uma resposta à mudança cultural», D. António Moiteiro (C\áudio)

Presidente da Comissão Episcopal da Educação Cristã e Doutrina da Fé (CEECDF) destaca importância “das intuições deste tempo” para a missão da catequese

“Neste Diretório para a Catequese estão as intuições que a Igreja está a viver fruto do pontificado do papa Francisco”, afirmou em declarações à Agência Ecclesia no final da apresentação no documento que hoje aconteceu no Vaticano.

Para D. António Moiteiro o novo documento realça, como prioridade para o setor a dimensão do «querigma», o “despertar da fé” perante uma “transmissão que foi alterada nos últimos anos”.

“Nós entendíamos o processo evangelizador partindo de um primeiro anúncio feito; depois vinha o aprofundamento, a que nós chamamos a catequese, o catecumenado – para os adultos ou os mais novos. Depois vinha o que nós chamávamos a ação pastoral, a vida das comunidades cristãs. A secularização da Europa mudou completamente esta forma de agir e de pensar”, sustenta.

O prelado lembrou a importância que “o primeiro anúncio” tem tido central no pontificado do Papa Francisco numa altura em que “quer os pais, quer a família, já não contribuem para a transmissão da fé”.

Numa época atípica e de reinvenção do anúncio o bispo de Aveiro considerou ser essencial dar “atenção ao digital” onde não “podemos deixar de estar presentes”.

Este ritmo de vida deu-nos a experiência que não podemos deixar de lado o online. Por exemplo, nós apresentámos as catequeses para o período de maior confinamento, por anos. Tiveram muita visibilidade, [NDR: mais de meio milhão de visualizações] houve muita gente que viu, que participou, e eu penso que não podemos desperdiçar isto”, assinala.

Para o futuro o presidente da CEECDF prometeu “aprofundar estas relações entre catequese e família” bem como as dinâmicas presenciais e online para a catequese”.

Numa época de incerteza D. António Moiteiro destaca a importância de aprofundar “a relação entre as famílias e a catequese” com “destaque para o papel dos avós”.

“Hoje, quem está a ser o educador da fé dos mais novos, no fundo, são os avós. Até pelas condições de vida, têm mais tempo para estar com os netos, estão mais próximos deles, e são os que transmitem a fé aos seus netos”, lembrou recordando o Papa Francisco.

Em Portugal o novo documento orientador da Catequese vai ser editado pelo Secretariado Nacional da Educação Cristã, com apresentação da obra nas Jornadas Nacionais de Catequistas no próximo mês de outubro.

Educris|25.06.2020



Recursos:
D. António Moiteiro comenta novo Diretório para a Catequese:
D. António Moiteiro comenta novo Diretório para a Catequese

O presidente da Comissão Episcopal da Educação Cristã e Doutrina da Fé (CEECDF) comenta o novo Diretório para a Catequese que o Vaticano hoje deu a conhecer.



AJUDA de Navegação


© SNEC, Todos os Direitos reservados | Contactos |