EESTATÍSTICAS DIOCESES E ESCOLAS

UTILIZADOR:  
PASSWORD:    

Guarda: «Ser porto de abrigo para os catequizandos», padre Valter Salcedas

Diretor do Secretariado Diocesano da Catequese pede “proximidade” aos catequistas num “tempo de exceção”.

O padre Valter Salcedas escreveu hoje, aos catequistas da diocese da Guarda, e desafiou-os a serem “porto de abrigo seguro” dos catequizandos e suas famílias.

“Convido-vos a acompanhar os vossos catequizandos, a fazer-vos presentes na sua vida, bem como da das suas famílias, pelos meios que a tecnologia nos permite! A reuni-los num encontro virtual, a ligar para cada um, a saber das suas angústias e a tornar-vos porto de abrigo seguro”.

Na carta, o responsável pela catequese naquela diocese da beira Alta, recorda que neste tempo onde “tínhamos o nosso retiro diocesano de Quaresma”, o Papa desafia-nos a refletir “sobre a imprevisibilidade da vida”.

“Também nós, catequistas, sentimos no nosso coração o peso do silêncio, a frieza da ausência e a angústia da separação. As crianças, adolescentes e jovens que nos estavam confiados, repentinamente, foram chamados, tal como cada um de nós, à necessidade do recolhimento, à distância da presença e ao recato da sua jovialidade”.

No final da mensagem o padre Valter Salcedas faz votos para que “este tempo de tribulação” seja vivido como uma “oportunidade que Deus nos concede para aprofundarmos a beleza da Fraternidade”.

Educris|30.03.2020



AJUDA de Navegação


© SNEC, Todos os Direitos reservados | Contactos |