EESTATÍSTICAS DIOCESES E ESCOLAS

UTILIZADOR:  
PASSWORD:    

Bragança: Igreja no apoio social aos mais vulneráveis

Igreja de Bragança envolvida em diversas ações de apoio aos mais frágeis

A Diocese de Bragança-Miranda tem vindo a desenvolver, durante o período de pandemia que assola o país, "um conjunto de ações em colaboração com as autoridades civis e de saúde".

"Para barrar o contágio da epidemia viral, as instituições sociais da Diocese têm envidado esforços para acompanhar todos".

A diocese, que conta com 56 centros sociais paroquias, 13 Santas Casas da Misericórdia, 5 fundações canónicas, e a Cáritas Diocesana, desenvolve "apoio familiar aos profissionais de saúde e de segurança, no o Centro Social de Santa Clara (Servas Franciscanas Reparadoras de Jesus Sacramentado), na Fundação diocesana Casa da Criança Mirandesa (Sendim) e nas Santas Casas da Misericórdia de Alfândega da Fé, Bragança e Miranda do Douro", lê-se na nota enviada hoje ao Educris pelo Secretariado das Comunicações Sociais.

As ações da Igreja na região tem contado com a "mediação das IPSS" através da presença de "uma equipa de apoio permanente às estruturas residenciais para idosos, onde se incluem um sacerdote e uma religiosa, entre outros profissionais", explicita.

Também os Marianos da Imaculada Conceição disponibilizam o Convento de Balsamão, em Chacim, com 30 quartos, para o descanso dos profissionais de saúde e de voluntários que venham auxiliar este setor ou para efeitos de quarentena. A instituição religiosa disponibiliza, ainda, pelos canais de comunicação, acompanhamento espiritual" neste momento de pandemia.

A Cáritas diocesana, em conjunto com as Conferências Vicentinas da Paróquia de S. João Batista e o Centro Social Paroquial dos Santos Mártires (CSPSM) tem estado a "ajudar os idosos e os doentes crónicos, através da aquisição de alimentos e de medicamentos, bem como através da escuta ativa por telefone". A mesma organização aderiu "à Rede de Emergência Alimentar do Banco Alimentar" e funciona agora como "ponto de recebimento/distribuição de bens alimentares".

Educris|30.03.2020

 



AJUDA de Navegação


© SNEC, Todos os Direitos reservados | Contactos |