EESTATÍSTICAS DIOCESES E ESCOLAS

UTILIZADOR:  
PASSWORD:    

Covid-19: Papa reza «pelos que estão assustados e sem reação» na pandemia (C/vídeo)

Francisco lembrou importância de confiar em Deus, como justo juiz, e desafiou os crentes a “levantarem-se a reagirem para o bem de toda a comunidade”.

O Papa Francisco rezou hoje, no início da eucaristia a que presidiu, por “tantas pessoas que não conseguem reagir. Estão assustadas com esta pandemia. Que o Senhor os ajude a levantarem-se, a reagir para o bem de toda a sociedade, de toda a comunidade”, disse, numa celebração transmitida pelos serviços de comunicação do Vaticano.

Na sua homilia, e tomando para meditação o evangelho do dia, que narra a história de duas mulheres, “uma pecadora e outra acusada injustamente”, o papa fez referência a um antigo padre da Igreja”.

“Nesta experiência, das duas mulheres, viu um padre da Igreja a própria figura da Igreja. Santa, mas com filhos pecadores. Utilizou, então, a expressão “A igreja, casta meretrix»”, lembrou.

No episódio da mulher “injustamente acusada” o papa chamou a atenção para os factos de “ambos os funcionários estarem ao serviço da lei, eram funcionários da igreja e eram corruptos”.

“Esta questão da corrupção voltamos a vê-la na parábola do juiz corrupto que não acreditava em Deus e não se importava com os outros. Os corruptos. Os doutores da lei não eram corruptos, mas hipócritas”, situou.

Francisco afirmou que perante a corrução e a injustiça, presente nas duas histórias, “Deus atua, Deus faz justiça”.

“Nas duas situações, quer o da viúva quer o da mulher adultera, vemos a atuação de Deus e o povo aprende como é a misericórdia de Deus”, explicou o papa.

Francisco convidou os cristãos a “refletirem e a encontrarem os seus próprios pecados pois se não os encontrarmos sobre corruptos”.

Para o Papa Francisco devemos “agradecer a Deus por seremos pecadores, mas não corruptos” e “olhar para o Senhor confiando na sua misericordia”.

Educris!30.03.2020



AJUDA de Navegação


© SNEC, Todos os Direitos reservados | Contactos |