EESTATÍSTICAS DIOCESES E ESCOLAS

UTILIZADOR:  
PASSWORD:    

Audiência-geral: O Espírito é o «protagonista» a missão

Na décima catequese sobre o Livro dos Atos dos Apóstolos o Papa Francisco tomou a história de "Filipe e do Eunuco" para lembrar aos crentes que o "protagonista da missão é o Espírito Santo" e que os seus frutos são, antes de mais, a "alegria".

Leia, na íntegra, eem português a catequese do Santo Padre

Catequese sobre os Atos dos Apóstolos - 10. "Anunciou-lhe a Boa-Nova de Jesus" (Atos 8:35). Filipe e o “percurso" do Evangelho em novos caminhos

Queridos irmãos e irmãs!

Após o martírio de Estevão, o "curso" da Palavra de Deus parece sofrer um revés, pelo surgimento de «uma violenta perseguição contra a Igreja de Jerusalém» (Atos 8, 1). Depois disto, os apóstolos permanecem em Jerusalém, enquanto muitos cristãos se dispersam em muitos outros lugares na Judeia e Samaria.

No livro de Atos, a perseguição aparece como o estado permanente da vida dos discípulos, de acordo com o que Jesus disse: «Se eles me perseguiram, também vos hão-de perseguir a vós» (Jo 15, 20). Mas a perseguição, em vez de extinguir o fogo da evangelização, alimenta-o ainda mais.

Ouvimos o que o diácono Filipe fez quando começou a evangelizar as cidades de Samaria, e são numerosos os sinais de libertação e cura que acompanham a proclamação da Palavra. Neste ponto, o Espírito Santo marca uma nova etapa na jornada do Evangelho: leva Filipe a seguir em direção a um estranho com o coração aberto a Deus. Filipe levanta-se e parte com entusiasmo e, numa estrada deserta e perigosa, encontra um alto funcionário da rainha da Etiópia, administrador dos seus tesouros. Este homem, um eunuco, depois de estar em Jerusalém para a adoração, está de volta ao seu país. Ele era um proselitista judeu da Etiópia. Sentado numa carruagem, lê o pergaminho do profeta Isaías, em particular o canto quarto do "servo do Senhor".

Filipe aproxima-se da carruagem e pergunta: «entendes o que estás a ler?» (Atos 8,30). O etíope responde: «E como poderia eu entender se ninguém me guia?» (Atos 8,31). Aquele homem poderoso reconhece que precisa ser guiado para entender a Palavra de Deus. Ele era um grande banqueiro, ele era o ministro da economia, ele tinha todo o poder do dinheiro, mas sabia que sem uma explicação não podia entender, era humilde.

E este diálogo entre Filipe e o etíope também nos faz reflectir sobre o facto de que não bastar ler as Escrituras, precisamos entender o seu significado, encontrar o "sumo" que vai além da "casca", para atingir o Espírito que anima a letra. Como o Papa Bento XVI disse no início do Sínodo sobre a Palavra de Deus, «a exegese, a verdadeira leitura da Sagrada Escritura, não é apenas um fenómeno literário, [...]. É o movimento da minha existência» (Meditação, 6 de outubro de 2008). Entrar na Palavra de Deus é estar disposto a sair dos próprios limites para encontrar e conformar-se com Cristo, que é a Palavra viva do Pai.

Então, quem é o protagonista daquilo que o etíope lia? Filipe oferece ao seu interlocutor a chave da leitura: aquele servo sofredor, que não reage ao mal com o mal e que, mesmo considerado falhado, estéril e finalmente eliminado, liberta o povo da iniquidade e dá fruto para Deus, é precisamente aquele Cristo que Filipe e a Igreja anunciam! Que nos redimiu todos na Páscoa. Finalmente, o etíope reconhece Cristo e pede o baptismo, professando a fé no Senhor Jesus. É uma história linda, mas quem levou Filipe a ir ao deserto para encontrar este homem? Quem levou Filipe a aproximar-se da carruagem? É o Espírito Santo. O Espírito Santo é o protagonista da evangelização. "Padre, eu vou evangelizar" - "Sim, o que fazes?" - "Ah, anuncio o evangelho e digo quem é Jesus, tento convencer as pessoas de que Jesus é Deus". Querido, isso não é evangelização, se não há Espírito Santo, não há evangelização. Isto pode ser proselitismo, publicidade... Mas evangelizar significa deixar-se guiar pelo Espírito Santo, que ele seja o único a empurrar-te para o anúncio, para o anúncio com testemunha, mesmo com martírio, mesmo com a palavra.

Depois de reunir o etíope ao Ressuscitado - o etíope encontra Jesus ressuscitado porque entende esta profecia - Filipe desaparece, o Espírito leva-o e envia-o para fazer outra coisa. Eu disse que o protagonista da evangelização é o Espírito Santo e qual é o sinal de que tu cristã, cristão, és um evangelizador? Alegria. Mesmo no martírio. E Filipe cheio de alegria foi para outra parte para pregar o Evangelho.

Que o Espírito faça homens e mulheres batizados que anunciam o Evangelho para atrair outros, não para si mesmos, mas para Cristo, que sabe abrir espaço para a ação de Deus, que sabe tornar os outros livres e responsáveis perante o Senhor.

Tradução Educris a partir do original em italiano|02.10.2019






AJUDA de Navegação


© SNEC, Todos os Direitos reservados | Contactos |