EESTATÍSTICAS DIOCESES E ESCOLAS

UTILIZADOR:  
PASSWORD:    

Ângelus: «A alegria é a primeira linguagem do cristão»

Na Solenidade da Santíssima Trindade o Papa Francisco recitou a oração do Ângelus na praça de São Pedro, no Vaticano. Na sua alocusão Francisco lembrou que "Deus é um Deus connosco" e que a linguagem primeira do cristão "é a alegria de se saber povo que caminha com Deus".

Leia, na íntegra, a alocusão do Santo Padre.

 

Queridos irmãos e irmãs, bom dia!

Hoje, domingo a seguir ao Pentecostes, celebramos a festa da Santíssima Trindade. Uma festa para contemplar e louvar o mistério do Deus de Jesus Cristo, que é Um na comunhão de três Pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo. Para celebrar com sempre novo espanto Deus-Amor, que nos oferece a sua vida de graça e nos pede para a difundir no mundo.

As leituras bíblicas de hoje fazem-nos entender como Deus não quer tanto revelar-nos que existe, mas sim que ele é "Deus connosco", perto de nós, que nos ama, que anda connosco, está interessado na nossa história pessoal e cuida de todos, começando com os pequenos e os necessitados. Ele «é Deus lá em cima nos céus», mas também «aqui em baixo na terra» (cf. Dt 4,39). Portanto, não acreditamos numa entidade distante, não! Numa entidade indiferente, não! Mas, pelo contrário, no Amor que criou o universo e gerou um povo, fez-se carne, morreu e ressuscitou por nós e, como  Espírito Santo, tudo transforma e leva à plenitude.

São Paulo (cf. Rm 8, 14-17), que na primeira pessoa experimentou esta transformação feita pelo Deus-Amor, comunica-lhe o seu desejo de ser chamado Pai, ou melhor, "Papá" - Deus é "o nosso Pai" - com a total confiança de uma criança que se abandona nos braços daqueles que lhe deram a vida. O Espírito Santo - recorda o Apóstolo - agindo em nós, faz com que Jesus Cristo não se reduza a uma personagem do passado, não, mas que o sintamos próximos dele, nosso contemporâneo, e o experimentemos na alegria de ser filho amado de Deus. No Evangelho, o Senhor ressuscitado promete ficar connosco para sempre. E graças à sua presença e à força do seu Espírito, podemos serenamente alcançar a missão que Ele nos confia. Qual é a missão? Proclamar e testemunhar a todos o seu Evangelho e assim expandir a comunhão com ele e a alegria que dele deriva. Deus, andando connosco, enche-nos de alegria e a alegria, é pois a primeira linguagem do cristão.

Assim, a festa da Santíssima Trindade faz-nos contemplar o mistério de Deus que incessantemente cria, redime e santifica, sempre com amor e por amor, e a toda criatura que o acolhe dá a oportunidade de refletir um raio da sua beleza, bondade e verdade. Ele sempre escolheu andar com a humanidade e formar um povo que é uma bênção para todas as nações e para todas as pessoas, ninguém é excluído. O cristão não é uma pessoa isolada, pertence a um povo: esse povo que é formado por Deus, não se pode ser cristão sem tal pertença e comunhão. Somos um povo: o povo de Deus, que a Virgem Maria nos ajude a cumprir com alegria a missão de testemunhar ao mundo, sedento de amor, que o sentido da vida é precisamente o amor infinito, o amor concreto do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

Tradução Educris a partir do original em italiano






AJUDA de Navegação


© SNEC, Todos os Direitos reservados | Contactos |