Saúde: Médicos Católicos analisam impacto da pandemia e transumanismo

Encontro Nacional apresenta “interrogações e desafios” num tempo de incerteza

A Associação dos Médicos Católicos Portugueses realiza, no próximo dia 9 de outubro, na recém criada Faculdade de Medicina da Universidade Católica Portuguesa, o Encontro Nacional “aberto a todos os interessados”.

“Queremos que esta iniciativa seja mais do que um congresso médico, feito por e para médicos, mas um evento que abra as portas às pessoas de boa vontade que querem aprender e debater temas da saúde”, lê-se num comunicado enviado hoje ao EDUCRIS.

Sob o tema «O que queres que eu faça por ti?» (Mc 10,51), o encontro realiza-se m modalidade presencial ou online e o programa temático dá destaque a “quatro grandes áreas, apresentadas como interrogações, desafios e convites à reflexão”.

O dia inicia-se com o tema «Porque temos medo?» numa intervenção que reúne doentes, médicos e um sacerdote, num testemunho “sobre o impacto da pandemia da COVID-19 nas suas vidas e na vida da Igreja, procurando um sentido para o que nos aconteceu”.

Segue-se «De quantos likes precisas?», com a participação de uma mãe, influencers e uma psicóloga, para um debate sobre “o desafio de crescer em modo digital” e uma análise sobre o impacto das redes sociais na saúde mental dos jovens”.

Dois oradores vão dar a conhecer a “realidade dos números na Bélgica, Holanda e Canadá, sob o tema «Este médico é dos que trata ou dos que mata?”».

O tema do transumanismo encerra os trabalhos com a reflexão sobre o modo como a tecnociência atua para modificar o ser humano, sob a interrogação «De Homo sapiens a Homo ciborgue?».

Mais informação sobre o programa pode ser consultada AQUI.

Educris|13.09.2021



AJUDA de Navegação


© SNEC, Todos os Direitos reservados | Contactos |