EESTATÍSTICAS DIOCESES E ESCOLAS

UTILIZADOR:  
PASSWORD:    

Guarda: Desafios da catequese numa Igreja em renovação

Iniciativa reuniu catequistas dos arciprestados da Covilhã. Manteigas e Belmonte

Centena e meia de catequistas da diocese da Guarda reuniram-se, no passado sábado, na Covilhã para um encontro de reflexão e formação sobre a carta Pastoral que D. Manuel Felício, bispo da Guarda, escreveu à diocese.
O encontro, organizado pelo Departamento Diocesano da Catequese da Infância e Adolescência (DDCIA) apresentou "as principais preocupações  e desafios do documento que destaca a importância da catequese numa Igreja em renovação", lê-se num comunicado a que o EDUCRIS teve acesso.
A apresentação do documento esteve a cargo do padre Valter Salcedas que afirmou que "pelo facto da catequese necessitar de fazer caminho para despoletar um verdadeiro encontro com Jesus Cristo" constitui-se como uma centro do "evangelizar cristão".
Para o responsável é importante que "exista uma maior atenção à forma como se escolhem os catequistas, bem como à sua formação". Também na relação entre a Igreja e as famílias o padre Valter Salcedas lembrou que o catequista é, muitas vezes, a "cara da comunidade" devendo, por isso, "estar inserido na comunidade, ter uma vida cristã forte e em constante diálogo cultural com o mundo das crianças, adolescentes e jovens, com quais é importante criar uma verdadeira relação".
Como despertar e formar para ser catequista
Presente na formação o bispo da Guarda, D. Manuel Felício interpelou os catequistas acerca do modo como "se pode fazer a sensibilização para a vocação de catequista, que pressupõe um tempo de discernimento, e o que se pode fazer para que todos os catequistas tenham a formação necessária para desempenhar melhor a sua missão". 
O momento foi oportunidade "para o diálogo com o prelado" e para "o recontar da vocação de alguns dos catequistas presentes" que destacaram "a importância e o envolvimento das famílias para o acompanhamento dos seus filhos, na educação da fé, sugerindo-se mais formação nesta área e a implementação da Escola Paroquial de Pais e da Catequese Familiar".
O próximo encontro será  com os catequistas dos arciprestados da Guarda e do Rochoso, no dia 3 de novembro.
Educris|22.10.2018




© SNEC, Todos os Direitos reservados | Contactos |