EESTATÍSTICAS DIOCESES E ESCOLAS

UTILIZADOR:  
PASSWORD:    

Lisboa: Youcatday, um dia para sonhar com o Papa Francisco

Vieram de todo o Patriarcado de Lisboa para durante um dia, fazerem parte do sonho do Papa Francisco. Mais de 2000 adolescentes, acompanhados de 500 catequistas, invadiram, literalmente, a baixa da cidade de Lisboa para apresentarem mensagens de amor e fraternidade procurando quebrar, nem que por breves instantes, as cadeias de indiferença. Numa cidade marcada já pela época natalícia que se aproxima os mais novos aproximaram-se de estrangeiros e locais que enchem, por estes dias, esta zona da capital.

Uma oportunidade de dar testemunho da fé

Daniel, 16 anos, vem do Cacém e diz estar “orgulhoso” com o que experimentou ao longo do dia. A sua alegria vai para além do facto de ser adolescente:

“Neste dia tive oportunidade de dar testemunho da minha fé em Jesus. Encontrámos uns italianos e expliquei-lhes o que estávamos a fazer porque viemos à baixa para fazermos parte do sonho do Papa Francisco. Falámos sobre a nossa cultura e a fé que em comum partilhamos em Jesus. Foi brutal”, assinala.

Ateliers de Doutrina Social da Igreja assinalam encontro

No início da manhã os representantes de cerca de 80 paróquias do Patriarcado, de todas as vigararias, estiveram em dez igrejas da baixa onde escutaram e partilharam experiências com especialistas em temáticas com as quais a Doutrina Social da Igreja interage.

O padre Tiago Neto, diretor do Setor da Catequese do Patriarcado de Lisboa, no início da manhã, afirmou ter a expetativa de que a iniciativa fosse um momento de “festa, de fé, com gente que quer experimentar e partilhar a alegria de ser cristão”. Para este responsável o “DOCAT veio ajudar-nos a concretizar, de maneira muito prática, esta iniciativa”.

Da parte da tarde os mais novos desenvolveram atividades que foram ao “encontro da teoria recebida na manha”, explica o padre Tiago Neto:

“Depois de uma manhã intensa e bem vivida quisemos que os mais novos fizessem a experiência prática do apreendido de manhã e tivemos mais de cinquenta iniciativas variadas que vão desde a participação em atividades numa loja social, passando pela limpeza urbana, e algum trabalho social nas juntas de freguesia aqui na zona”.

Levar a Igreja a todos, dando testemunho feliz

Miguel Ruxa, de Alenquer, tem 13 anos e parece não ter dado o dia por perdido:

“O Papa pediu-nos para levar a Igreja a todos. Sinto-me feliz por poder fazer parte disto”. Contente afirma que estes encontros “mudam tudo”. Mariana, também de Alenquer, junta-se ao amigo para afirmar que “é espetacular ver tantos jovens que tem a mesma fé que eu. Isto ajuda-me a seguir o caminho de testemunho feliz”.

No meio da multidão que espera à entrada da Igreja de São Domingos para o DOCAT party, qua animou o final da tarde, Beatriz Martins oferece mais um dos muitos milhares de pensamentos e frases de santos e homens e mulheres que procuraram fazer do mundo um sitio melhor. Afirma-se “contente por poder distribuir estas mensagens sobre o amor” e considera que fazer parte do sonho do Papa “é evangelizar com o coração, transmitindo a mensagem de Deus a todos”.

Sandra, uma das muitas catequistas presentes, afirma “que vir aqui não é gastar tempo”, e considera “que evangelizar é algo natural para o cristão”. Questionada sobre a ‘fórmula’ para trazer tanta gente à baixa da cidade de Lisboa afirma que “Deus tudo faz com sabedoria e o Espírito Santo soube trabalhar bem neles através de nós catequistas”.

Dentro da Igreja de São Domingos o padre José André Ferreira, da Paulus Editora, prepara-se para a festa e afirma que o encontro “aparece como resposta ao pedido do Santo Padre que quer ver uma geração inteira de jovens que seja uma doutrina social em movimento”. Para este responsável “hoje tivemos isso na baixa de Lisboa durante algumas horas”.

Para o futuro deseja “que cada vez mais jovens se associem ao sonho do Papa e possam ser isto que aqui vimos durante toda a sua vida”.

Eucaristia: Convite a olhar a cruz de Cristo e um SMS para quem precisa de mim!

O dia terminou com a eucaristia de encerramento do encontro. Na sua homilia o padre Tiago Neto convidou os adolescentes a verem a ligação entre o momento da morte de Jesus, expressa no evangelho deste domingo, e a parábola do Bom Samaritano:

“Perante a cruz de Jesus somos convidados a perceber a necessidade do outro mesmo quando nós estamos em dificuldades. Na descoberta do nosso caminho de vida Jesus convida-nos a tornamo-nos o próximo do outro, daquele que está doente, quase meio morto como na parábola do Bom Samaritano”.

Para o diretor do Setor da Catequese “Jesus é o catecismo vivo, o DOCAT em ação pois sabe o que é ser Bom Samaritano e demonstra ser grande de Espirito mesmo no meio do sofrimento mais atroz perdoa o bom ladrão e consola-o”.

No momento pós-comunhão o padre Tiago Neto convidou os adolescentes a pegarem “nos telemóveis que sempre vos acompanham” e a “enviarem uma sms a alguém que neste momento precise de uma palavra amiga”.

O Youcat Day Lisboa 2016 foi uma parceria entre o Setor da Catequese de Lisboa e a Paulus que edita o DOCAT e o YOUCAT em Portugal.




© SNEC, Todos os Direitos reservados | Contactos |