EESTATÍSTICAS DIOCESES E ESCOLAS

UTILIZADOR:  
PASSWORD:    

Guarda: Bispo reúne-se com 500 catequistas

Ao longo de todo o mês de janeiro o bispo da Guarda reuniu-se com cerca de 500 catequistas da diocese, em vários encontros que decorreram por zonas pastorais, informa o site da diocese da Guarda.

AS diferentes reuniões tiveram lugar com a participação do "Departamento Diocesano da Catequese da Infância e da Adolescência". Nos encontros D. Manuel Felício procurou refletir, com aqueles que têm a seu cargo a missão da catequese, acerca da beleza que a Igreja, comunhão de ministérios e carismas”, revela uma nota publicada na página da diocese na internet.

O Bispo da Guarda quis realçar “a centralidade do catequista na vida da comunidade a que pertence, na medida em que tudo o que o próprio anuncia se torna rosto da própria Igreja, destacando assim, a necessidade da formação permanente”.

Para D. Manuel Felício “um catequista deve ser um apaixonado por Jesus que tem a ousadia de propor, àqueles que lhe estão confiados, o amor a Deus”.

“Um catequista é aquele que recebe um dom de Deus e o transmite na fidelidade ao próprio Deus, à Igreja e àqueles a quem anuncia esse dom, pelo que se lhe exige um permanente ‘recomeçar’ de Cristo, como quem visita quotidianamente o Senhor”, acrescentou.

Dentro do programa dos encontros, os catequistas tiveram oportunidade de dialogar com o bispo diocesano.

Para o padre Valter Salcedas Duarte, diretor  do Departamento Diocesano da Catequese da Infância e da Adolescência “os atuais catecismos são material absolutamente indispensável na preparação de uma catequese que se pretende não apenas formativa, mas sobretudo orante e operativa, que parte da experiência humana, escuta a Palavra e se expressa na vida concreta”.




© SNEC, Todos os Direitos reservados | Contactos |