JMJ Lisboa2023: Um Terço pelo fim da Pandemia e pela JMJ

Jovens das dioceses portugueses desafiados a rezar o terço que vai percorrer, digitalmente, todas as dioceses portuguesas

Amanhã, dia 1 de maio, pelas 21h00, com transmissão online, reza-se o Terço nas redes sociais  da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) Lisboa 2023, pedindo pelos “pelos bons frutos da Jornada Mundial da Juventude 2023” e “por todas as atividades e celebrações previstas até à sua realização e pelos jovens de todo o mundo”.

“Gostaríamos de convidar todos a rezar connosco no dia 1 de maio e de desafiar todas as pessoas a rezar o terço pela JMJ durante os próximos dois anos, correspondendo ao desafio de Maria aos Pastorinhos, de que rezassem o terço todos os dias. Embora estivesse a ser preparado antes do pedido do Papa Francisco, a recitação do terço associa-se à maratona de oração pelo fim da pandemia, a que o Santo Padre nos chama”, afirma o padre Nuno Amador, da Direção de Pastoral e Eventos Centrais da JMJ Lisboa 2023.

A recitação terá início na Sé de Lisboa, cidade-sede da JMJ Lisboa 2023, e percorrerá – digitalmente – as dioceses portuguesas. Terá também a participação de uma comunidade migrante em Portugal.

“Este terço que iremos recitar a 1 de maio é também a expressão de que a JMJ quer ser de todos e para todos. Nele, os jovens entram em diálogo com realidades onde a JMJ também quer chegar: os doentes e os que os acompanham, os idosos, os que habitam o nosso país vindo de outros lugares do mundo, as pessoas com deficiência, as famílias… Queremos fazer do rosário o guia e o ânimo do caminho que faremos, como nos pede D. Manuel Clemente”, explicou o sacerdote.

Educris|30.04.2021

Imagem: JMJ Lisboa 2023



AJUDA de Navegação


© SNEC, Todos os Direitos reservados | Contactos |