0 / 0

Vaticano: Papa celebra eucaristia pelos «cristãos perseguidos»

Francisco concelebrou a eucaristia com o Patriarca dos greco-melquitas e lembrou os cristãos "perseguidos no médio oriente" rezando por todos os que no mundo "são perseguidos, sofrem e dão a vida".

Na celebração, que não teve homilia, o Papa Francisco agradeceu a presença do Patriarca Youssef, lembrou as relações entre as Igrejas e a "beleza da teologia" do oriente e lembrou um povo "crucificado como Jesus":

"Esta missa com o nosso irmão, patriarca Youssef, fará a apostolica communio: ele é pai de uma Igreja, de uma Igreja antiquíssima e vem abraçar Pedro, para dizer «eu estou em comunhão com Pedro». IsTo é o que significa a cerimónia de hoje: o abraço do pai de uma Igreja com Pedro. Uma Igreja rica, com a própria teologia dentro da teologia católica, com a própria liturgia maravilhosa e com um povo, neste momento grande parte deste povo está crucificado, como Jesus. Oferecemos esta missa pelo povo, pelo povo que sofre, pelos cristãos perseguidos no Oriente Médio, que dão a vida, dão os bens, as propriedades porque são expulsos. E oferecemos também a missa pelo ministério do nosso irmão Youssef."

 

No final da eucaristia, e antes da benção concedida pelo Patriarca em conjunto com Francisco, o Patriarca da Igreja de Antioquia dos Greco-Melquitas proferiu também algumas palavras para agadecer ao Santo Padre "a comunhão e a solidariedade que une todos os discipulos de Cristo":

"Santidade, gostaria de agradecer-lhe por esta bela missa de comunhão, em nome de todo o Sínodo da nossa Igreja greco-melquita católica. Pessoalmente, estou realmente comovido pela Sua caridade fraterna, pelos gestos de fraternidade, de solidariedade que demonstrou à nossa Igreja no decorrer desta missa. Prometemos levá-lo sempre nos nossos corações, no coração de todos nós, clero e fiéis, e recordaremos sempre este evento, estes instantes históricos, este momento que não consigo descrever por ser tão belo: esta fraternidade, esta comunhão que une todos os discípulos de Cristo."

Tradução Educris a partir do original em Italiano

 

Educris|13.02.2018



Newsletter Educris

Receba as nossas novidades