0 / 0

Setúbal: Na escola trabalha-se «com o futuro do Mundo»

D. José Ornelas desafiou os professores de Educação Moral e Religiosa Católica (EMRC) a serem “competentes” porque “trabalham com o futuro do mundo”.

Na homilia da eucaristia de “envio” dos docentes que lecionam a disciplina na diocese de Setúbal o bispo local, D. José Ornelas convidou os docentes a serem “dedicados e competentes” num “espaço de trabalho especial”:

“Na escola, quem lá está sabe que trabalha com o futuro do mundo. Estar ao serviço dos alunos que voluntariamente aceitam inscrever-se em EMRC é um privilégio e uma grande responsabilidade”, apontou.

O prelado pediu “consciência aos docentes” para serem “a palavra, os gestos, o coração e as mãos com que Deus, por Jesus, continua a ensinar, a curar, a levantar, a abraçar, sobretudo os que mais precisam” em contexto escolar.

O encontro dos docentes realizou-se no passado dia 27 de outubro durante todo o dia na Amora. Organizado pelo Secretariado Diocesano do Ensino da Igreja nas Escolas (SDEIE) a iniciativa foi ocasião para “dar a conhecer o projeto «10 Milhões de estrelas – Um gesto pela Paz» com a apresentação de “alguns dados sobre esta campanha e apelando à habitual colaboração dos professores”.

O dia teve início com a formação «Flexibilidade Curricular – Construção de DACs e Projetos» que esteve  a cargo Liliane da Costa Dias e Rita Isabel Lourenço Gil.

Educris|31.10.2018

 



Newsletter Educris

Receba as nossas novidades