0 / 0

Beja recebe III Edição dos Encontros (Inter) diocesanos de Formação

Meia centena de docentes em formação no Centro Pastoral de Beja.

A diocese de Beja recebe, no próximo dia 3 de fevereiro, sábado, a III Edição dos Encontros (Inter) diocesanos de Formação sob o tema «ação pedagógica no 1º ciclo e no ensino Secundário na disciplina de EMRC».

A ação de formação creditada pelo Centro de Formação Margens do Guadiana, Beja, tem início pelas 9h30 com a conferência de Luís Miguel Rodrigues, UCP, subordinada ao tema «Desenvolvimento sociomoral e religioso na infância».

Pelas 10h45 Eduardo Duque, sociólogo analisa o tema «O “jovem” perante o facto religioso».

A iniciativa destina-se aos docentes de EMRC que lecionam nas dioceses do Algarve, Beja e na Arquidiocese de Beja.

De acordo com o professor Jorge da Mata, do Departamento do Ensino da Igreja nas Escolas de Beja, a formação vai contar com a presença do cónego António Domingues Pereira, vigário geral da diocese de Beja.

Tarde marcada por apresentação de “Boas práticas»

Após o almoço a meia centena de docentes vai participar numa sessão de boas práticas sobre os ciclos em análise. Luísa Rato, apresenta o trabalho desenvolvido no Agrupamento de Escolas de Estremoz; João Carapito dá a conhecer a presença da EMRC no Agrupamento de Escolas nº4 de Évora, ambos na Arquidiocese de Évora.

Da diocese de Beja o professor Rui Ventura dá a conhecer a experiência do Colégio de Nossa Senhora da Graça, em Milfontes.

Para o coordenador nacional da disciplina, Fernando Moita, as formações pretendem “refletir sobre a missão do docente":

“Estas formações que percorrem o país pretendem fornecer ao professores conteúdos de caracter psicológico e sociológico para melhor conhecer os alunos com quem trabalhamos” e “propor com verdade e radicalidade os valores evangélicos”.

O responsável considera que esta “é também uma bela oportunidade de desenvolvermos, enquanto professores, uma atitude reflexiva sobre as nossas práticas educativas e partilhar/cooperar uns com os outros as experiências pedagógicas significantes em várias realidades educativas”.

Até ao momento já se realizaram encontros (inter) diocesanos no Porto e em Viseu.

Educris|01.02.2018



Newsletter Educris

Receba as nossas novidades