JNC19: «A Adolescência é o grande desafio para as comunidades», padre José Henriques Pedrosa

Diretor do Serviço diocesano de Catequese de Leiria-Fátima abordou novo paradigma e propostas para a catequese da adolescência.

«’Com’ adolescentes, uma metodologia catequética projetual, participada e comprometida» foi o tema abordado pelo padre José Henriques Pedrosa, nas Jornadas Nacionais de Catequistas 2019.

O diretor da Catequese de Leiria-Fátima o tempo presente é “difícil para a transmissão da fé”, mas é um momento de olhar com esperança esta oportunidade única para a Igreja” que é “a realidade da adolescência”.

O padre José Henrique Pedrosa apresentou algumas possibilidades práticas no acompanhamento catequético e definiu a catequese com adolescência como “um dos desafios mais significativos para as comunidades cristãs”.

“A adolescência é um tempo fundamental da personalidade. À Catequese cabe ajudar os mais novos a construir a sua própria identidade, num caminho que comporta o projeto de vida, o discernimento vocacional com vista a uma identidade verdadeira e comprometida no seguimento de Jesus Cristo”.

“À catequese cabe ajudar e acompanhar o encontro com Jesus Cristo, como nos diz o Papa Francisco a Exortação Cristo Vive”.

Num novo paradigma “que começou a ser pensado a partir da Carta Pastoral para a Catequese” é fundamental “mudar a ideia de que vamos preparar ‘umas coisas’ para eles, mas implicá-los, torná-los protagonistas da e na comunidade cristã”, apelou.

O novo projeto de «catequese com adolescentes» deve incluir “uma catequese projetual, com diversidade metodológica e que ajude a construir o grupo e o caminho aí realizado”, sintetizou.

Ao longo dos últimos anos uma equipa de catequetas portugueses tem vindo a pensar um novo paradigma para a catequese de adolescentes.

Aos catequistas o padre José Henriques Pedrosa deu conta “do andamento dos trabalhos” e apontou o «Say Yes, aprender a dizer sim» como “um bom suporte para nos ajudar a perceber o caminho a seguir”.

“Ainda não temos um programa certo e definitivo. Vamos construindo uma estrutura a partir de uma reflexão necessariamente longa e alargada, em rede, com os secretariados diocesanos e com os catequistas da adolescência”.

O especialista espera “que o futuro programa da catequese com adolescentes” esteja “ativo no ano pastoral 2022/2023”, logo após as Jornadas Mundiais da Juventude que se realizam em Portugal.

Educris|27.10.2019



Recursos:
JNC19: «Com» adolescentes; uma metodologia projetual»:
JNC19: «Com» adolescentes; uma metodologia projetual»

«'Com' os adolescentes, umametodologia catequética projetual, participada e comprometida», foi o tema apresentado pelo padre José Henrique Pedrosa, diretor do Serviço diocesano de Catequese de Leiria-Fátima, nas Jornadas Nacionais de Catequistas 2019.



Newsletter Educris

Receba as nossas novidades