0 / 0

Educação: Bispo da Guarda incentiva à inscrição em EMRC

D. Manuel Felício afirma importância da disciplina como um “saber maior” que “conjuga todos os outros”

O bispo da Guarda e vogal da Comissão Episcopal da Educação Cristã Doutrina da Fé (CEECDF) enviou hoje uma mensagem apelando à inscrição dos mais novos na disciplina de Educação Moral e Religiosa Católica (EMRC).

“A oferta da EMRC pretende proporcionar aos educandos, desde o primeiro ano do Ensino Básico, um desenvolvimento no qual os valores morais e religiosos acompanhem e iluminem os diferentes saberes que são propostos na escola e também ajudar as nossas crianças, adolescentes e jovens a abrirem o seu entendimento para as dimensões mais belas da vida”, afirma o prelado.

Para D. Manuel Felício “vale a pena escolher a EMRC” pois ela apresenta-se como “um saber maior”, que “conjuga todos os outros”, lê-se na mensagem aos pais, encarregados de educação e educandos do Ensino Básico e Secundário.

A missiva, que é escrita em pleno tempo de renovação de matrículas nas escolas portuguesas, lembra que a inscrição em EMRC é um “exercício da responsabilidade pessoal”.

“Esta é a hora de lembrar aos pais e encarregados de educação, como também aos próprios alunos, que vale a pena gastar tempo e fazer esforço para descobrir e abraçar com entusiasmo as dimensões moral e religiosa da vida e que sem elas a componente verdadeiramente humana do ensino fica incompleta”, sustenta.

Para o bispo da Guarda a EMRC é uma ajuda para os alunos e “abre-lhes caminhos de vida verdadeiramente felizes”.

Arcebispo de Évora lembra diferença entre EMRC e Catequese

Na passada semana também o arcebispo de Évora, D. Senra Coelho, apelou à inscrição na disciplina sustentando a diferenciação entre a “EMRC e a Catequese”, como realidades distintas.

“Existem muitos ateus e agnósticos que a frequentam porque nela encontram uma abordagem centrada na importância do Ser Humano em sociedade” através “das temáticas abordadas no programa e manuais existentes” numa “perspetiva de interdisciplinar com outras áreas do saber”.

Educris|05.06.2020



Newsletter Educris

Receba as nossas novidades