0 / 0

Educação: Formação à distância para EMRC

SNEC apoia três formações em plataformas de ensino à distância que decorrem durante o mês de abril

No sentido de apoiar o trabalho dos docentes de Educação Moral e Religiosa Católica (EMRC), junto dos seus alunos na atual situação de ensino à distância, o SNEC conta com a colaboração de docentes da disciplina para fornecer as informações necessárias,  a quem eventualmente ainda delas careça, na utilização de plataformas que se prestam para esse fim, como sejam a Teams, a Zoom e a Classroom.

Durante o mês de abril, com início já no próximo dia 20, os professores Bento Oliveira, Carlos Menesses, e Jaime Barbosa que considera a plataforma TEAMS “um instrumento completo para o desenvolvimento de aulas à distância”.

Este docente, cuja formação se inicia esta segunda-feira, apresenta as mais valias da ferramenta.

“Ela permite partilhar documentos, criar tarefas para os alunos, criar fóruns, comunicar por chat, voz e vídeo com alunos individuais ou com grupos de alunos e agendar e lecionar vídeo aulas com turmas inteiras. Tudo isto numa plataforma segura e fiável”, destaca.

Numa altura em que o covid-19 nos criou “barreiras sem fim” a descoberta e utilização de diferentes dispositivos eletrónicos com ligação à internet” permite “continuar ligados” e isso é “o mais importante”, considera.

Como irmão marista e docente de EMRC, Jaime Barbosa reafirma a necessidade de “perceber quão profundamente esta situação mudou os nossos comportamentos mais rotineiros.

Carlos Meneses vai na mesma linha e é da opinião que “a mudança de paradigma é tal” que “urge refletir com os Colegas algumas formas de criar e concretizar um plano de ação de Ensino à Distância (E@D) para a EMRC no presente contexto educativo”.

Docente no Agrupamento de Escolas de Alfena, no Porto, Carlos Meneses é da opinião que o papel do docente da disciplina “faz ainda mais sentido agora” e que se é fundamental aprender a saber “o que comunicar, para quê, com o quê, quando e como... adaptado a cada contexto educativo”.

Bento Oliveira, do Colégio Amor de Deus, em Cascais vai abordar a plataforma “Classroom”. Para este professor o instrumento virtual é “de fácil manuseamento quer para professores quer para os alunos”, permitindo “trabalhos síncronos e assíncronos” com “grandes possibilidades de feedback ao aluno, assim como a possibilidade do uso de rubricas com níveis de desempenho”.

Alinhando na mesma linha de pensamento dos colegas formadores, o docente considera que “as escolas não estavam preparadas para o ensino à distância” e louva o esforço realizado de “em 24 ou 48 horas” implementar-se o ensino à distância com horas de formação a professores e alunos”.

Sobre a EMRC o professor Bento é da opinião que “a EMRC vive da relação, da atenção, da empatia, do contacto” e de que, neste tempo de confinamento o professor de EMRC será sempre um sinal de esperança que os alunos anseiam por ver, por escutar, por dialogar, por colocar em comum o que lhes vai no coração”.

 

 

Criar e concretizar um plano de ensino à distância para a EMRC:

Formador: Professor Carlos Meneses. LINK para INSCRIÇÃO.

Capacitar para o uso de ferramentas de ensino à distância:

Google Classroom Zoom - Formador: Professor Bento Oliveira. LINK para INSCRIÇÃO

Microsoft Teams - Irmão Jaime (Marista). LINK para INSCRIÇÃO.


Educris|19.04.2020



Recursos:
Formação EADEMRC2020:Download Documento
Formação EADClassroom2020:Download Documento
Formação EACTEAMS 2020:Download Documento


Newsletter Educris

Receba as nossas novidades