0 / 0

Ângelus: «Estender a mão aos pobres: Aí está Jesus», lembra o Papa Francisco

Dia Mundial dos Pobres assinalado no Vaticano

O Papa Francisco disse hoje que “Jesus está nos pobres” e que o dever do cristão não passa por “não fazer mal”, mas por “fazer o bem”.

“Os pobres estão no centro do evangelho. O próprio Jesus se fez pobre e nos ensinou a falar aos pobres, pois ele veio para os pobres. Estender a mãos para os pobres: aí esta Jesus”, disse Francisco antes da recitação da oração mariana do Ângelus na praça d São Pedro, no Vaticano.

No Dia Mundial dos Pobres Francisco recordou “a muita fome que persiste nas cidades” e desafiou os crentes a “usarem os seus dons” estendendo as mãos aos mais necessitados.

“Como discípulos de Cristo recebemos muitos dons. Estes devem ser usados a fazer o bem, o bem nesta vida, como um serviço a Deus e aos irmãos. Usai o que Deus vos deu e olhai para os pobres. Olhai, são muitos, também nas nossas cidades, no centro da nossa cidade, são muitos. Fazer o bem”, apelou o Papa.

Comentando a parábola dos talentos que a liturgia hoje apresenta Francisco sustentou que “o Senhor nos conhece bem, sabe que não somos iguais e não quer privilegiar ninguém em detrimento dos outros, antes confia a cada um o capital segundo as suas capacidades”.

Francisco questionou então o motivo para se ter “tantas coisas” e se deixar morrer de fome o irmão” e desafiou à ação:

“Recebeste muitas coisas e deixas o teu irmão, a tua irmã, morrer de fome? Não estás sozinho na vida. Não sejas egoísta. Estende a mão aos pobres”, exortou.

Numa altura em que a Igreja se prepara para o Tempo do Advento o Papa Francisco terminou a sua reflexão lembrando o papel d Maria que “deu o seu Jesus ao mundo”.

“A Virgem Maria recebeu um grande presente: Jesus; mas não o guardou para si, mas o deu- mundo, ao seu povo. Vamos aprender com ela a ajudar os pobres”, concluiu.

Educris|15.11.2020



Newsletter Educris

Receba as nossas novidades