EESTATÍSTICAS DIOCESES E ESCOLAS

UTILIZADOR:  
PASSWORD:    

«Say Yes» trouxe uma nova «dinâmica» à catequese com adolescentes

Catequistas fazem balanço «muito positivo» do primeiro trimestre de aplicação do projeto «Say Yes, aprender a dizer sim».

São mais de 50 mil os adolescentes que desde setembro passado iniciara o projeto Say Yes, aprender a dizer sim», um projeto de catequese com adolescentes rumo à JMJ Lisboa 2022 e que acompanha, numa “dinâmica projetual” o percurso das edições internacionais das Jornadas Mundiais da Juventude.

Após os primeiros meses de trabalho pastoral o Secretariado Nacional da Educação Cristã (SNEC) lançou um inquérito aos catequistas envolvidos e os resultados foram apresentados na passada sexta-feira, dia 17 de janeiro, numa reunião onde estiveram presentes os diretores diocesanos da Catequese em Portugal.

“Os resultados deste primeiro trimestre mostram-nos os catequistas muito motivados com o projeto e muitas comunidades o ‘protagonismo’ dos adolescentes deu uma nova possibilidade às comunidades de fé. Sentiram o impacto de uma nova abordagem”, explicou Cristina Sá Carvalho, coordenadora do Departamento da Catequese no SNEC.

O balanço aponta como positivo “o envolvimento dos párocos e a introdução da Lectio Divina que tem permitido uma aproximação real à Palavra”.

“Nas dioceses que já tinham momentos de formação para catequistas” a aplicação do projeto “tem sido facilitado”, ao passo que noutras “se sentem as dificuldades naturais de quem muda o paradigma”.

A grande maioria dos mais de 5mil catequistas que participam no projeto referem que este os faz “dar mais de si” e que “os habituais 45 minutos de catequese são escassos para tanto a rezar, viver, experimentar e fazer”.

“Esta catequese é muito projetual. A implementação da pedagogia do serviço leva os adolescentes a aderirem mais facilmente e dá sentido maior de pertença à comunidade”, garante Cristina Sá Carvalho.

Ainda assim os dados recolhidos mostram algumas resistências” e uma “clara necessidade de continuar a “investir na formação dos catequistas para que saibam acompanhar os adolescentes neste novo paradigma”.

Na reunião dos Secretariados Diocesanos foi, ainda, apresentado um esboço para o Encontro Nacional de Catequese, que se realiza de 1 a 4 de abril em Vila Real, e fez-se eco “do trabalho já desenvolvido com vista a um novo programa de catequese com adolescentes”.

Educris|19.01.2020



AJUDA de Navegação


© SNEC, Todos os Direitos reservados | Contactos |