EESTATÍSTICAS DIOCESES E ESCOLAS

UTILIZADOR:  
PASSWORD:    

«Uma Educação Cristã qualificante e qualificadora», Fernando Moita (c/Áudio)

Novo diretor do Secretariado Nacional da Educação Cristã (SNEC) sublinha importância da presença da EMRC, Escolas Católicas e Catequese nos diferentes ambientes em que se insere.

Fernando Moita, professor de EMRC, é, desde o passado dia 1 de setembro o novo diretor do Secretariado Nacional da Educação Cristã (SNEC).

Em entrevista ao EDUCRIS o novo responsável pelo órgão executivo da Comissão Episcopal da Educação Cristã e Doutrina da Fé (CEECDF) destacou a importância de se trabalhar “para que a Educação Cristã seja presença qualificante e qualificadora nas comunidades educativas ou cristãs”.

“Temos como missão ajudar as nossas crianças, adolescentes e jovens a construírem o seu projeto de vida. Seja a através da EMRC, da Catequese ou das Escolas Católicas”.

Uma nova catequese de adolescentes em preparação

Ao SNEC cabe ainda a organização e criação “dos recursos didáticos para as diferentes áreas e diferentes idades”.

Neste contexto o projeto «Say yes -Aprender a dizer Sim», apresenta-se como “tubo de ensaio” para a construção de “um itinerário catequético para adolescentes” que “a partir de 2022 permita ter um roteiro formativo diferenciado para a catequese com os adolescentes”, explica o responsável.

Aposta na Formação com a Faculdade de Teologia

O novo diretor do SNEC pretende, ainda, continuar um diálogo já iniciado com a “Faculdade de Teologia para que seja a finte da formação inicial e continua dos professores de EMRC e dos catequistas”.

Disciplina de EMRC presente em Cabo Verde

No início de setembro cinco professores de EMRC vão estar a dar formação “a docentes cabo-verdianos que integram a primeira experiência da disciplina no sistema publico de educação” naquele arquipélago.

“Queremos dar aos professores que lecionam esta disciplina pela primeira vez as ferramentas pedagógicas e alguns conteúdos para a disciplina em Cabo Verde. Iremos, sobretudo, partilhar, os nossos recursos e saberes. É uma disciplina que tem um papel importante nos projetos educativos de cada aluno”.

Uma palavra de ‘gratidão’ a todos os agentes da Educação Cristã

Em Portugal são milhares os que se dedicam na catequese, na EMRC ou na Escola Católica à tarefa da educação cristã. Nas primeiras declarações como diretor do SNEC o novo diretor deixou “uma palavra de profunda gratidão por todo o trabalho belo e nobre que todos desenvolvem no seu dia-a-dia e que fazem com que o reino aconteça”.

“Uma palavra também aos secretariados diocesanos e à equipa nacional da EMRC que coordenam, são motores e estímulos de toda esta dinâmica”.

Como SNEC “queremos apostar nestas sinergias na profunda convicção de que em Igreja nada se faz individualmente”, concluiu.

Novo coordenador da disciplina de EMRC

Para além de um novo diretor o SNEC conta com um novo coordenador para a Disciplina de Educação moral e Religiosa Católica. Com 18 anos de experiência nas escolas de Santarém o professor António Cordeiro apresenta-se como “enviado para esta missão” na esperança “de poder continuar o bom trabalho que vem de trás” para “o bem da disciplina de EMRC”.

“Sempre que iniciamos e vimos de férias trazemos grandes ideias para os projetos. É importante também perceber que existe um antes e temos algumas atividades nacionais já previstas como o X Encontro Nacional para o Ensino Secundário e o XX Interescolas do 1º ciclo. São datas especiais que coincidem com o encontro dos mais novos, que iniciam um percurso, e os que finalizam o percurso na nossa disciplina”, especifica.

Para o novo responsável os encontros terão já em atenção “as próprias dinâmicas que começam a aparecer para as JMJ Lisboa 2022.

“Ainda não temos as dinâmicas finais mas penso que já existirá a preocupação de começarmos a abordar a questão das JMJ com os nossos alunos”.

A disciplina de EMR está já a preparar um conjunto de aulas “para ajudar a explicar, em contexto escolar, a história das JMJ e ajudar os alunos a um conhecimento mais aprofundado deste fenómeno”, sintetizou.

Educris|05.09.2019

 





AJUDA de Navegação


© SNEC, Todos os Direitos reservados | Contactos |