EESTATÍSTICAS DIOCESES E ESCOLAS

UTILIZADOR:  
PASSWORD:    

Domingo de Ramos: «Intimidade e traição»

1. Batizado com o Espírito Santo no Jordão, confirmado com o Espírito Santo no Tabor, Jesus realizou a sua missão filial batismal anunciando o Evangelho do Reino de Deus e fazendo as suas «obras». A sua «viagem» chega agora ao fim, na Judeia, em Jerusalém, onde o seu Batismo deve (plano divino) ser consumado (ainda Lucas 12,49-50) na sua Morte Gloriosa: única Fonte do Espírito Santo para nós (sempre Atos 2,32-33; João 19,30 e 34; 7,38-39). A missão filial batismal do Filho de Deus finalmente consumada! É que fomos, de facto, batizados na sua Morte (Romanos 6,3-4), e, com Ele, fomos «com-sepultados», «com-ressuscitados», «com-vivificados» e «com-sentados» na Glória! (Efésios 2,5-6; Colossenses 2,12-13: tudo verbos cunhados por Paulo e postos em aoristo [passado] histórico!). Formamos, por isso, «a Igreja que Ele amou» (Efésios 2,25). A este amor de Cristo pela Igreja chama Paulo «o mistério grande» (Efésios 5,32). Nós, a Igreja do amor de Cristo, somos, portanto, a Esposa bela, a nova Jerusalém (Apocalipse 19,7-9; 21,2 e 9-10) que, juntamente com o Espírito, diz ao Senhor Jesus: Vem! (Apocalipse 22,17).

2. O tom deste Domingo de Ramos é dado pela bela página de Lucas 19,28-40, que nos mostra o Rei messiânico a tomar posse da sua Cidade, a «Cidade do Grande Rei» (Salmo 45,5; 47,2-3; Tobias 13,11; Mateus 5,35), a Esposa bela que nascerá do seu Sangue: Esposa cúmplice da Morte do Esposo, e beneficiária da Morte do Esposo! Esposa, portanto, e no entanto! Que ao encontro do Esposo desce em vestido de noiva, não de viúva! (Apocalipse 21,2). O Rei messiânico toma posse da sua Cidade, a Filha de Sião, a Esposa; vem montado sobre o jumento da paz, e não sobre cavalos de guerra, cumprindo Zacarias 9,9. De notar que Zacarias escreveu esta página deslumbrante de um Rei diferente, pobre, manso e humilde, em contraponto com o imponente espetáculo do grande Alexandre Magno, quando este, em finais do século IV a.C., descia a costa palestinense a caminho do Egito, com todo o seu arsenal de riqueza e de prepotência militar! Estendem-se as capas no caminho: assim procederam os companheiros de Jeú quando souberam da sua unção pelo profeta Eliseu e foi reconhecido como rei (2 Reis 9,13). A multidão dizia: «Bendito O que Vem em nome do Senhor. Ele é o Rei! Paz no céu e glória nas alturas!, saudando o Rei-que-Vem, «Aquele-que-Vem» (título divino) (Salmo 118,26), com o Reino de David, o novo David, e fazendo ponte ainda para o coro angélico de Lucas 2,14.

3. Ainda hoje, no domingo de Ramos, não obstante o ambiente abertamente hostil aos cristãos que se respira, se faz, desde Betfagé [= «Casa dos figos»], uma pequena aldeia hoje totalmente muçulmana com um pequeno santuário à guarda dos Franciscanos, uma impressionante procissão e manifestação de fé que, descendo o Monte das Oliveiras, termina na Igreja de Santa Ana, junto da porta de Santo Estêvão (ou dos Leões).

4. É esta Igreja bela, porque incondicionalmente amada, que acolhe hoje, Domingo de Ramos na Paixão do Senhor, com o coração em festa, o seu Senhor (Lucas 19,28-40), gritando jubilosamente: «Bendito o que vem em nome do senhor!».

5. Acolhe-o jubilosamente, para depois discipularmente o seguir nos seus passos decisivos, que nos é dado rever no imenso Evangelho da Paixão de Jesus, na versão apurada de Lucas 22,14-23,56, de que aqui salientamos apenas alguns momentos mais expressivos. A partir do cenário apresentado no ponto 7, todos os dados são exclusivos de Lucas.

6. O cenário da Ceia Primeira (não última!) mostra, caso único, Jesus na intimidade da mesa com os seus discípulos (Lucas 22,14-38). E é neste cenário de intimidade que o texto nos faz ver melhor as nossas traições: o anúncio da traição de Judas (Lucas 22,21-23, da tripla negação de Pedro (Lucas 22,31-34), a discussão sobre qual de nós é o maior (Lucas 22,24-27).

7. O cenário do Monte das Oliveiras (Lucas 22,39-46) abre e fecha com o importante dizer de Jesus que devemos conservar no coração: «ORAI para que não entreis na tentação» (Lucas 22,39 e 46). No meio do cenário, entre estas duas importantes advertências de Jesus, o texto diz que Jesus ORAVA de joelhos (Lucas 22,41) e que depois ORAVA com mais insistência ainda (Lucas 22,44). Em contraponto, os discípulos dormiam! (Lucas 22,45).

8. O cenário seguinte mostra-nos a Prisão e o Processo de Jesus (Lucas 22,47-23,25), em que apenas salientamos dois momentos: Judas, que entrega Jesus com um beijo (Lucas 22,47), ouvindo de Jesus estas palavras que ainda hoje ecoam nos nossos ouvidos: «Judas, com um beijo entregas o Filho do Homem?» (Lucas 22,48). É outra vez a traição na intimidade! O segundo momento é aquele olhar fixo (emblépô) de Jesus em Pedro, que o faz sair dali para chorar amargamente (Lucas 22,60-62).

9. O caminho do Calvário é o cenário que aparece de seguida (Lucas 23,26-32). Vale a pena destacar dois momentos: o primeiro é para Simão de Cirene, que carrega a cruz «atrás de» Jesus (Lucas 23,26): com a sua cruz, «atrás de» Jesus, é a atitude do discípulo! (ver Lucas 9,23). O segundo é para as mulheres que choram. Merecem que Jesus olhe para elas e fale para elas: «Filhas de Jerusalém, não choreis por mim; chorai por vós e pelos vossos filhos!» (Lucas 23,27-28).

10. Segue-se o cenário da Cruz (Lucas 23,33-49). Quatro notas: primeira: Lucas coloca ao lado de Jesus dois malfeitores. Mas um deles (o chamado «bom ladrão»: só em Lucas!) reconhece o seu erro, e olha para Jesus implorando graça: «Jesus, lembra-te de mim quando entrares no teu REINO» (Lucas 23,42). Jesus responde assim: «Hoje estarás COMIGO no Paraíso» (Lucas 23,43). Evoca, em contraluz, o COMIGO de Jesus com os seus discípulos, e o REINO para eles preparado! (Lucas 22,28-29). Segunda: a oração do Salmo 31,6, posta na boca de Jesus como sua última palavra, oração exclusiva deste Evangelho: «Pai, nas tuas mãos entrego o meu espírito» (Lucas 23,46). Confiança radical sempre. Terceira: a importante anotação de que os seus amigos e as mulheres que o SEGUIAM desde a Galileia o acompanhavam à distância, VENDO BEM todas estas coisas (Lucas 23,49). Atitude discipular. Como Maria, que conservava e compunha todos aqueles factos no seu coração (Lucas 2,19 e 51). Quarta: também o povo (laós) estava lá vendo (theôrôn) (Lucas 23,35), e mesmo, refere o narrador, «todas as multidões que tinham acorrido a este espetáculo (theôría), repassando (theôrêsantes) as coisas acontecidas, regressavam batendo no peito» (Lucas 23,48), o que quer dizer que a Cruz é um espetáculo que a todos converte.

11. O cenário do sepultamento de Jesus (Lucas 23,50-56). Salta à vista que Jesus é depositado num sepulcro novo, onde ainda ninguém tinha sido sepultado (Lucas 23,53). Mostra-se assim que Jesus é o Rei Messiânico esperado: o Rei é o primeiro em tudo. E continua na primeira linha o OLHAR ATENTO das mulheres (Lucas 23,55) e os perfumes que preparam (Lucas 23,56) e que abrem já para a página nova da Ressurreição. Primeiro em tudo! Primogénito de muitos irmãos! (Romanos 8,29).

12. Vendo bem, somos todos levados a percorrer e a reviver as últimas decisivas vinte e quatro horas de Jesus, desde as 15h00 de Quinta-Feira Santa até perto das 18h00 de Sexta-Feira Santa, seguindo este ritmo:

 

15h00 = Preparação da Ceia

18h00 = Ceia Primeira!

21h00 = Getsémani

24h00 = Prisão de Jesus

03h00 = Pedro nega e o galo canta

06h00 = Jesus diante de Pilatos

09h00 = Crucifixão de Jesus

12h00 = as trevas em vez da Luz!

15h00 = Morte de Jesus

18h00 = Sepultamento de Jesus

 

13. Note-se que, na cronologia dos Evangelhos Sinóticos (Mateus, Marcos e Lucas), esta Quinta-Feira é o dia da Preparação da Páscoa, comendo-se a Ceia Pascal logo após o pôr-do-sol (no calendário religioso hebraico já é Sexta-Feira, dado que o dia começa com o pôr-do-sol). Como se vê, esta cronologia vê na Ceia de Jesus com os seus Discípulos uma Ceia Pascal. Também de acordo com esta cronologia, Jesus é preso, julgado, condenado, crucificado, morto e sepultado em Sexta-Feira, Dia da Páscoa dos judeus, o que seria muito estranho! O Evangelho de S. João apresenta outra cronologia, hoje defendida pela maioria dos estudiosos, segundo a qual Jesus terá comido uma Ceia, a sua Ceia Nova em Quinta-Feira, mas não a Ceia ritual da Páscoa dos judeus, e foi preso, julgado, condenado, crucificado, morto e sepultado, em Sexta-Feira, dia da Preparação, antes da Ceia ritual da Páscoa dos judeus (João 18,28), que João coloca no Sábado, e não na Sexta-Feira. No seu Livro sobre Jesus de Nazaré, Bento XVI defende também esta cronologia joanina. De resto, as Igrejas do Ocidente seguem a cronologia dos Sinópticos: por isso, a nossa Eucaristia é com pão Ázimo, derivado do ritual da Ceia da Páscoa dos judeus. Por seu lado, as Igrejas do Oriente seguem a cronologia joanina, sendo a sua Eucaristia com pão comum, dado não derivar do ritual da Páscoa dos judeus.

14. O Antigo Testamento serve-nos hoje o chamado «terceiro canto do Servo» (Isaías 50,4-7). Gerado na dor de Israel como verdadeiro filho do milagre (Isaías 49,21), ergue-se esta singular figura de «Servo» (‘ebed), totalmente nas mãos de Deus, desde a sua predestinação desde o seio materno (Isaías 49,1 e 5), passando pela sua entrega à morte (Isaías 53,12), até à sua exaltação e glorificação (Isaías 52,13), de tal modo que Deus o pode chamar «meu Servo» (‘abdî). Na lição de hoje, o «Servo» é um Discípulo a quem Deus abre os ouvidos até ao coração, para ouvir bem a música de Deus, e poder levar uma palavra de consolo aos dela necessitados. «Tornando o seu rosto duro como uma pedra» (Isaías 50,7), apresenta-se como um Servo, não insensível e indiferente, mas decidido a levar até ao fim a missão que lhe é confiada. A mesma expressão será dita acerca de Jesus em Lucas 9,51. O Novo Testamento passa por aqui!

15. Em claro paralelismo com o «Servo», cantado por Isaías, aí está Jesus apresentado por Paulo aos Filipenses (2,6-11). Mas aqui, o «Servo» tem um Rosto e um Nome: Jesus recebeu, na sua Humanidade, o Nome divino (ver também Hebreus 1,1-4), Nome incomparável (Filipenses 2,9). Por isso, agora, todos os seres criados adoram o Nome-Jesus (Filipenses 2,10), e «toda a língua», isto é, todo o ser humano racional, professa: «Senhor é Jesus Cristo!» (Kýrios Iêsoûs Christós). Notar a ordem dos três termos, errada nas versões modernas: Senhor, isto é, Deus eterno, é o Homem-Jesus Cristo. O sujeito é o que não se conhece; o predicado é o que se conhece. O acento cai, pois, sobre Senhor. O fim em vista: a Glória do Pai com o Espírito (Filipenses 2,11). É quanto Deus operou na Cruz e semeou no nosso coração.

16. Voltamos à música do Salmo 22, uma oração que nasce na Paixão e termina na Páscoa! É belo tomarmos consciência de que Jesus nos pediu estas palavras emprestadas, para no-las devolver a transbordar de sentido. Já se sabe que aquele «Meu Deus, meu Deus, por que me abandonaste?», que Jesus reza na Cruz, e que são as primeiras palavras do Salmo, implica, segundo a praxe judaica, a recitação do Salmo inteiro, que tem uma primeira parte de fortíssima lamentação (vv. 2-22), passando logo para uma segunda parte que expressa consolação por ver Deus ao nosso lado, tão próximo de nós (vv. 23-27), e terminando em verdadeira exultação (vv. 28-32). O grande pregador francês Jacques Bossuet (1627-1704) declarava bem-aventurados aqueles que, recitando este Salmo, se encontram com Jesus, tão santamente tristes e tão divinamente felizes!

 

Senhor Jesus,

Senhor dos Passos

Serenos e seguros no caminho da vida e da Paixão,

Da ressurreição.

 

Senhor Jesus,

Senhor dos Passos

Sossegados e firmes,

Resolutos,

Até à porta do meu coração.

 

Senhor Jesus,

Senhor dos Passos,

Dos meus e dos teus,

Finalmente harmonizados,

Finalmente lado a lado:

Os meus, imprecisos, indecisos,

Atravessados pelo teu Perdão;

Os teus, sossegados e firmes,

Sincronizados pelo pulsar do meu coração.

 

Sim,

Eu sei que foi por mim que desceste a este chão

Pesado, íngreme, irregular,

De longilíneas lajes em que é fácil escorregar.

Mas os teus braços sempre abertos ajudam-me a levantar.

 

Senhor Jesus,

Deixa-me chegar um pouco mais junto de ti,

Chega-te tu também mais junto de mim.

Segura-me.

Dá-me a tua mão firme, nodosa e corajosa.

Agarro-me.

Sinto sulcos gravados nessa mão.

Sigo-os com o dedo devagar.

Percebo que são as letras do meu nome.

Foi então por mim que desceste a este chão.

O amor verdadeiro está lá sempre primeiro.

 

Senhora das Dores, Maria, minha Mãe,

Que seguiste até ao fim os passos do teu Filho,

Acompanha e protege os meus passos também.

 

Obrigado, Senhor Jesus,

Meu Senhor, meu Irmão e companheiro.

 

António Couto



Recursos:
Áudio: As dimensões essenciais da catequese contemporânea:
Áudio: As dimensões essenciais da catequese contemporânea

Ouça e leve consigo o áudio da conferência «As dimensões essenciais da catequese contemporânea»,proferida pelo padre Tiago Neto, da Catequese de Lisboa e pelo diácono Paulo Campino, da Catequese de Santarém

Áudio: Iniciar o catequista na Pedagogia de Jesus:
Áudio: Iniciar o catequista na Pedagogia de Jesus

Ouça e leve consigo o áudio com a conferência do padre José Henrique Pedrosa, da Catequese de Leiria-Fátima sob o tema «Iniciar o catequista na Pedagogia de Jesus» no Encontro Nacional de Catequese

ENC19: Iniciar o catequista na Pedagogia de Jesus:
ENC19: «Apresentar as bases Bíblico-teologicas ao catequista:
ENC19: A Formação de catequistas na missão diocesana:
Áudio: «Apresentar as bases Bíblico-teologicas ao catequista:
Áudio: «Apresentar as bases Bíblico-teologicas ao catequista

Ouça e leve consigo o áudio da conferência «Apresentar as bases Bíblico-teologicas imprescindíveis ao catequista» por Maria Luísa Paiva Boléo da Catequese de Lisboa

Áudio: A Formação de catequistas na missão diocesana:
Áudio: A Formação de catequistas na missão diocesana

Ouça e leve consigo o áudio da conferência «A Formação de catequistas na missão diocesana» proferida por D. António Moiteiro no Encontro Nacional de Catequese 2019.

Hermenêuticas Bíblias em Contexto Escolar:
Hermenêuticas Bíblias em Contexto Escolar

O presidente do Instituto Católico de Viana do Castelo, padre Pablo Lima, apresentou aos docentes de EMRC da diocese de Viana, o tema «As Hermenêuticas Bíblicas em Contexto Escolar. 

As religiões e os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável:Download Documento
Perfil, Flexibilidade e lugar da EMRC:
Perfil, Flexibilidade e lugar da EMRC

Ouça Manuela Barreiros abordar o lugar e o papel da disciplina de EMRC na mudança de paradigma na Escola.

Secundário:Download Documento
9º Ano de Escolaridade:Download Documento
8º Ano de Escolaridade:Download Documento
7º Ano de Escolaridade:Download Documento
6º Ano de Escolaridade:Download Documento
5º Ano de Escolaridade:Download Documento
4ª Ano de Escolaridade:Download Documento
3º Ano de Escolaridade:Download Documento
2º Ano de Escolaridade:Download Documento
1º Ano de Escolaridade:Download Documento
IX ENES: Ficha de inscrição:Download Documento
Os desafios da Arte na «Encarnação da Palavra»:
Os desafios da Arte na «Encarnação da Palavra»

Entrevista ao padre Joaquim Félix, da UCP, sobre a arte, a Igreja, e os novos modos de dizer a fé a partir da experiência da Igreja da Cedofeita, Porto.

RGPD: «Tratamento dos dados pessoais: Proibição total ou consentimento condicionado?» - Parte 2:
RGPD: «Tratamento dos dados pessoais: Proibição total ou consentimento condicionado?» - Parte 1:
IX ENES: Cartaz da iniciativa:Download Documento
IX ENES:Explicação e atividades preparatórias:Download Documento
RGPD: Formação para funcionários das Escolas Católicas:
Áudio:«Cristianismo e Ciência: Avanço da ciência e recuo de Deus?»:
Áudio:«Cristianismo e Ciência: Avanço da ciência e recuo de Deus?»

O físico e padre jesuíta Álvaro Balsas apresenta, aos docentes de EMRC, o tema «Cristianismo e Ciência: Avanço da ciência e recuo de Deus?». Ouça e leve consigo esta conferência útil para a lecionação da Unidade Letiva 6: «Ciência e Religião» em uso no ensino secundário.

Áudio:«A qualidade da vida em Cristo na experiência do espaço da renovada igreja da Cedofeita»:
Áudio:«A qualidade da vida em Cristo na experiência do espaço da renovada igreja da Cedofeita»

Joaquim Félix, da Universidade Católica Portuguesa, apresenta aos docente um roteiro teólogico a artistico da renovada Igreja da Cedofeita, no Porto. 

RGPD: Proibição total ou consentimento condicionado?:Download Documento
Catequese Missionária - Adolescência:Download Documento
Catequese Missionária - Infância:Download Documento
Orientações para a Catequese:Download Documento
JNC18: Reportagem Educris:
JNC18: Homilia de D. António Moiteiro na eucaristia de encerramento das Jornadas:
JNC18: Conclusões das Jornadas Nacionais de Catequistas:Download Documento
JNC18: «Conclusões»:
«Primeiro Anúncio e Discipulado - uma exemplificação a partir do tema 1 do curso «ser catequista hoje», por Maria Luísa Boléo:
JNC18: «Catequista: Discípulo e acompanhante», por Paulo Campino:
JNC18: «Primeiro Anúncio e Discipulado: Objetivos, Conteúdos e Pedagogia», por Maria Luísa Boléo:
Áudio: «Conclusões», por padre Tiago Neto, irmã Margarida Abreu e padre José António Gonçalves :
Áudio: «Conclusões», por padre Tiago Neto, irmã Margarida Abreu e padre José António Gonçalves

Ouça e leve consigo as «Conclusões», por padre Tiago Neto, irmã Margarida Abreu e padre José António Gonçalves nas Jornadas Nacionais de Catequistas

Áudio: «Catequista:Discípulo e acompanhante», por Paulo Campino:
Áudio: «Catequista:Discípulo e acompanhante», por Paulo Campino

Ouça e leve consigo o áudio da conferência «Catequista:Discípulo e acompanhante», proferida elo diácono Paulo Campino nas Jornadas Nacionais de Catequistas 2018.

JNC18: «A Palavra de Deus lida, refletida e rezada», por Armindo Vaz, UCP:
JNC18: «As dimensões querigmática e mistagógica da catequese», pelo padre Joaquim Ganhão:
Áudio: «A palavra de Deus lida, refletida e rezada»:
Áudio: «A palavra de Deus lida, refletida e rezada»

Ouça e leve consigo o áudio da conferência «A palavra de Deus lida, refletida e rezada» proferida pelo padre Armindo Vaz, da UCP, nas Jornadas Nacionais de Catequistas, 2018.

Áudio: «Primeiro Anúncio e Discipulado - uma exemplificação a partir do tema 1 do curso «ser catequista hoje»:
Áudio: «Primeiro Anúncio e Discipulado - uma exemplificação a partir do tema 1 do curso «ser catequista hoje»

Ouça e leve consigo, em podcast, o áudio da conferência «Primeiro Anúncio e Discipulado - uma exemplificação a partir do tema 1 do curso «ser catequista hoje», proferida por Maria Luísa Boléo nas Jornadas Nacionais de Catequistas, 2018

Áudio: «Primeiro Anúncio e Discipulado - Objetivos, conteúdos e Pedagogia»:
Áudio: «Primeiro Anúncio e Discipulado - Objetivos, conteúdos e Pedagogia»

Ouça e leve consigo a conferência «Primeiro Anúncio e Discipulado - Objetivos, conteúdos e Pedagogia» proferida por Maria Luísa Boléo nas Jornadas Nacionais de Catequistas, 2018

JNC18: «Homilia de D. António Moiteiro na abertura das Jornadas Nacionais:
Áudio: As dimensões querigmática e mistagógica da catequese», padre Joaquim Ganhão:
Áudio: As dimensões querigmática e mistagógica da catequese», padre Joaquim Ganhão

Ouça e leve consigo a conferência «As dimensões querigmática e mistagógica da catequese», proferida pelo padre Joaquim Ganhão nas Jornadas Nacionais de Catequistas, 2018

JNC18: «A Palavra de Deus lida, refletida e rezada», por Armindo Vaz, UCP:Download Documento
JNC18: «Primeiro anúncio e discipulado - Tema 1 do curso «Ser catequista Hoje»:Download Documento
JNC18: Plano de formação de catequistas, Maria Luisa Boléo:Download Documento
JNC18: «O Plano de Formação de Catequistas 2018», por D. António Moiteiro:
JNC18/Áudio: «O Plano de formação de Catequistas 2018», por D. António Moiteiro:
JNC18/Áudio: «O Plano de formação de Catequistas 2018», por D. António Moiteiro

Ouça e leve consigo a conferência de D. António Moiteiro subordinada ao tema «O Plano de Formação de Catequistas, 2018»

JNC18: «O Plano de Formação de Catequistas 2018», por D. António Moiteiro:Download Documento
EC: Alocução de D. Manuel Pelino Domingues:
EC: IV Peregrinação da Escola Católica:
EC: Melhores Momentos:
Revista Mensagem - Especial Ano missionário:Download Documento
Nota Pastoral para a Semana Nacional da Educação Cristã 2018:Download Documento
Mensagem do Papa Francisco aos Catequistas:Download Documento
Interioridade: A «revolução da Toalha»:
IV Peregrinação das Escolas Católicas - Cartaz:Download Documento
JNC18: Ficha de inscrição:Download Documento
Concurso «Eu Posso!»:Download Documento
Catálogo FSNEC 2018/19:Download Documento
Balanço do ano letivo 2017/18:
APEC: «É dando que se recebe: a importância das emoções nas nossas vidas»:
APEC: «É dando que se recebe: a importância das emoções nas nossas vidas» :
D. Manuel Pelino Domingues: reflexão aos alunos:
D. Manuel Pelino Domingues: reflexão aos alunos

Ouça a reflexão de D. Manuel Pelino Domingues, vogal da CEECDF e Bispo emérito do Santarém aos cerca de 4500 alunos presentes no XVIII Interescolas do 1º ciclo que se realizou em Fátima a 25 de maio de 2018.

XVIII Interescolas do 1º Ciclo: «Sorri para Mim!»:
Melhores imagens do Encontro:
«Coimbra, cidade do Amor»:
Áudio: Vencedor da 3ª Edição «Bíblia Moov»:
Áudio: Vencedor da 3ª Edição «Bíblia Moov»

Ouça as declarações do professor de EMRC, Luís Silva, após a vitória da 3ª edição do Bíblia Moov.

Flash Video: «Coimbra, cidade do amor»:
XVIII Interescolas do 1º Ciclo - ficha de inscrição 2018:Download Documento
XVIII Interescolas do 1º Ciclo - Cartaz 2018:Download Documento
VIII ENES: Melhores imagens do «DESA(R)MA_TE!»:
VIII ENES: Ser protagonista no Mundo para construir a «Civilização do Amor»:
VIII ENES: Alocução de D José Traquina, Bispo de Santarém:
ENC18:Homilia na Eucaristia de encerramento:
ENC18: «A formação de catequistas: perspetivas atuais»:
Áudio: «A formação de catequistas: Perspetivas atuais»:
Áudio: «A formação de catequistas: Perspetivas atuais»

Ouça e leve consigo a conferência de D. António Moiteiro, Bispo de Aveiro e presidente da Comissão Episcopal da Educação Cristã e Doutrina da Fé (CEECDF) no 57º Encontro Nacional de Catequese, sob o tema «Catequista: Identidade e Missão».

ENC18: Um novo projeto de formação e a necessidade de ser discípulo:
ENC18: «A Alegria de ser Catequista»:
ENC18: «O discipulado no Novo testamento»:
Áudio: «A Alegria de ser Catequista»:
Áudio: «A Alegria de ser Catequista»

Ouça e leve a consigo a partilha e testemunho de Maria Luísa Boléo na conferência «A Alegria de ser Catequista», proferida no 57º Encontro Nacional de Catequese

Áudio: «O discipulado no Novo testamento»:
Áudio: «O discipulado no Novo testamento»

OUça e leve consigo em mp3 o áudio da conferência de D. José Ornelas, Bispoda diocese de Setúbal, no 57º Encontro Nacional de Catequese que decorreu em Setúbal de 3 a 6 de abril de 2018.

Reportagem: II Jornadas Locais das Escolas Católicas - Santo Tirso:
Braga: «Como é que a Escola Católica Anuncia Jesus Cristo?»:
Áudio/Eduardo Duque: «O 'jovem' perante o facto religioso»:
Áudio/Eduardo Duque: «O 'jovem' perante o facto religioso»

Ouça e leve consigo a conferência de Eduardo Duque, sociólogo, nas Formações (inter) diocesanas para docentes de EMRC 2018.

Áudio/Luís Miguel F. Rodrigues: «Desenvolvimento sócio-moral e religioso na infância»:
Áudio/Luís Miguel F. Rodrigues: «Desenvolvimento sócio-moral e religioso na infância»

Ouça e leve consigo a conferência de Luís Miguel F. Rodrigues sob o tema «Desenvolvimento sócio-moral e religioso na infância», proferida nas Formações (inter) diocesanas, 2018

Eduardo Duque: «O 'jovem' perante o facto religioso»:
Luís Miguel F. Rodrigues: «Desenvolvimento sócio-moral e religioso na infância»:
Mensagem de D. Jorge Ortiga aos professores de EMRC:
«Desenvolvimento sócio-moral e religioso na infância»:
Áudio: «Desenvolvimento sócio-moral e religioso na infância»:
Áudio: «Desenvolvimento sócio-moral e religioso na infância»

Ouça e leve consigo a conferência de Fabrizia Raguso, psicóloga,  nas Formações (inter) diocesanas para docentes de EMRC 2018. 

Verdade, Ciência e Religião:Download Documento
JLEC 2018: «Como é que a escola católica anuncia Jesus Cristo», Lisboa:
«O "jovem" perante o facto religioso»:
Áudio: «O "jovem" perante o facto religioso»:
Áudio: «O "jovem" perante o facto religioso»

Conferência de Helena Gil Costa, socióloga e master em Criatividade Aplicada Total, nas Formações (inter) diocesanas para docentes de EMRC 2018. 

Áudio:«Como é que a escola católica anuncia Jesus Cristo», Lisboa:
 
Áudio:«Como é que a escola católica anuncia Jesus Cristo», Lisboa

«Como é que a escola católica anuncia Jesus Cristo» foi o tema da conferência de D. Joaquim Mendes perante mais de 100 professores e alunos das Jornadas Locais das Escolas Católicas (JLEC) que decorreram no Estoril, no Patriarcado de Lisboa.

II edição das Jornadas Locais 2018-Estoril:
Lisboa: Desafios e propostas para a lecionação no 1º ciclo e Secundário:
Celebração para o Dia dos Pastorinhos:Download Documento
Tempo de adoração eucarística: 24 horas para o Senhor:Download Documento
«Como é que a escola católica anuncia Jesus Cristo», Aveiro:
Áudio:«Como é que a escola católica anuncia Jesus Cristo», Aveiro:
Áudio:«Como é que a escola católica anuncia Jesus Cristo», Aveiro

«Como é que a escola católica anuncia Jesus Cristo» foi o tema da conferência de D. António Moiteiro perante mais de 150 professores e alunos das Jornadas Locais das Escolas Católicas (JLEC) que decorreram em Aveiro.

«O Novo Regulamento Comunitário de Proteção de Dados», parte 2:
«O Novo Regulamento Comunitário de Proteção de Dados», parte 1:
1ª edição das Jornadas Locais das Escolas Católicas - Calvão:
Homilia de D. António Moiteiro, Calvão:
Áudio: homilia de D. António Moiteiro, Calvão:
Áudio: homilia de D. António Moiteiro, Calvão

Ouça e leve consigo a homilia de D. António Moiteiro aos participantes das Jornadas Locais das Escolas Católicas do centro que decorreu no Colégio de Calvão, em Vagos.

VIII ENES: Ficha de inscrição:Download Documento
Santarém: Campanha de Quaresma 2018:Download Documento
Lisboa: Campanha de Quaresma 2018:Download Documento
Áudio: III edição «Do Clique ao Toque»:
Áudio: III edição «Do Clique ao Toque»

III edição contou com mais de meia centena de participantes e foi organizada pelo Centro Regional de Braga da Universidade Católica Portuguesa no passado dia 27 de janeiro de 2018.

Angra: Campanha de Quaresma 2018:Download Documento
«Uma missão mais do que uma profissão»:
«Uma missão mais do que uma profissão»

Ouça a alocução de D. Manuel Felício, bispo da Guarda, na formação (inter) diocesana de professores de EMRC que decorreu em Viseu a 27 de janeiro de 2018

«Ser testemunho de Jesus»:
«Ser testemunho de Jesus»

Alocução de D. Ilídio Leandro, bispo de Viseu, aos professores de EMRC reunidos na formação interdiocesana de 27 de janeiro de 2018

O Novo Regulamento Comunitário de Proteção de Dados:Download Documento
Santo Estevão:
«A Alegria do Encontro»:Download Documento
Questionário Viseu:Download Documento
Questionário Gaia/Porto:Download Documento
Questionário Almada/Setúbal:Download Documento
Discurso do Papa Francisco à Associação Italiana de Professores Católicos:Download Documento
«Relação do Estado português com o ensino não estatal – uma teoria desprovida de práxis»:Download Documento
«Da Populorum Progressio à Laudato Si»:Download Documento
Santarém: Proposta de Advento 2017:Download Documento
Santarém: Calendário de Advento 2017:Download Documento
SS17: Catequese Adolescência:Download Documento
SS17: Catequese infância:Download Documento
Áudio: Balanço e desafios para a catequese:
Áudio: Balanço e desafios para a catequese

Ouça e leve consigo a reflexão de Cristina Sá Carvalho, coordenadora do Departamento de Catequese, com o balanço e os desafios deixados pelas Jornadas Nacionais de Catequistas 2017

Áudio: «O Encontro com Jesus Cristo»:
Áudio: «O Encontro com Jesus Cristo»

Ouça e leve consigo a conferência «O Encontro com Jesus Cristo» proferida pelo padre José Frazão SJ nas Jornadas Nacionais de Catequistas 2017.

Áudio: «Linhas programáticas para a Catequese»:
Áudio: «Linhas programáticas para a Catequese»

Ouça e leve consigo a conferência «Linhas programáticas para a Catequese» proferida por D. António Moiteiro, bispo de Aveiro e presidente da Comissão Episcopal da Educação Cristã e Doutrina da Fé (CEECDF) nas Jornadas Nacionais de Catequistas 2017.

Áudio: Homilia de D. Manuel Pelino Domingues:
Áudio: Homilia de D. Manuel Pelino Domingues

Disponibilizamos a homilia do vogal da Comissão Episcopal da Educação Cristã e Doutrina da Fé (CEECDF) na Eucaristia de dia 4 de novembro em contexto de Jornadas Nacionais de Catequistas 2017 (JNC17)

Áudio: «"Vimos o Senhor (Jo 20,25) A alegria do encontro com o ressuscitado»:
Áudio: «"Vimos o Senhor (Jo 20,25) A alegria do encontro com o ressuscitado»

Veja, ou reveja, a reflexão «"Vimos o Senhor (Jo 20,25) A alegria do encontro com o ressuscitado» que o padre Mário Rodrigues de Sousa, da diocese do Algarve, trouxe às Jornadas Nacionais de Catequistas 2017

Nota Pastoral para a Semana Nacional da Educação Cristã 2017:Download Documento
JNC 2017: Ficha de inscrição:Download Documento
Áudio: Dinâmicas das relações interpessoais no grupo; resolução de conflitos:
Áudio: Dinâmicas das relações interpessoais no grupo; resolução de conflitos

Ouça e leve consigo a quarta parte do mini-curso «Dinâmicas das relações interpessoais no grupo; resolução de conflitos» proferida pela padre João de Deus Costa Jorge, da Universidade Católica Portuguesa (UCP) nas XIII Jornadas de verão para catequistas. 

Áudio: Dinâmicas das relações interpessoais no grupo; resolução de conflitos:
Áudio: Dinâmicas das relações interpessoais no grupo; resolução de conflitos

Ouça e leve consigo a terceira parte do mini-curso «Dinâmicas das relações interpessoais no grupo; resolução de conflitos» proferida pela padre João de Deus Costa Jorge, da Universidade Católica Portuguesa (UCP) nas XIII Jornadas de verão para catequistas. 

Áudio: À descoberta da eucaristia: conhecer, celebrar e viver, em comunidade com os catequizandos:
Áudio: À descoberta da eucaristia: conhecer, celebrar e viver, em comunidade com os catequizandos

Ouça e leve consigo a quarta parte do mini-curso « À descoberta da eucaristia: conhecer, celebrar e viver, em comunidade com os catequizandos» proferida pelo padre João Peixoto, diretor do Secretariado da Liturgia, Porto, nas XIII Jornadas de verão para catequistas.

Áudio: À descoberta da eucaristia: conhecer, celebrar e viver, em comunidade com os catequizandos:
Áudio: À descoberta da eucaristia: conhecer, celebrar e viver, em comunidade com os catequizandos

Ouça e leve consigo a terceira parte do mini-curso « À descoberta da eucaristia: conhecer, celebrar e viver, em comunidade com os catequizandos» proferida pelo padre João Peixoto, diretor do Secretariado da Liturgia, Porto, nas XIII Jornadas de verão para catequistas.

Ouça a parte 1, a parte 2

Áudio: Dinâmicas das relações interpessoais no grupo; resolução de conflitos:
Áudio: Dinâmicas das relações interpessoais no grupo; resolução de conflitos

Ouça e leve consigo a segunda parte do mini-curso «Dinâmicas das relações interpessoais no grupo; resolução de conflitos» proferida pela padre João de Deus Costa Jorge, da Universidade Católica Portuguesa (UCP) nas XIII Jornadas de verão para catequistas. 

Ouça, também, a parte 1

Áudio: À descoberta da eucaristia: conhecer, celebrar e viver, em comunidade com os catequizandos:
Áudio: À descoberta da eucaristia: conhecer, celebrar e viver, em comunidade com os catequizandos

Ouça e leve consigo a segunda parte do mini-curso « À descoberta da eucaristia: conhecer, celebrar e viver, em comunidade com os catequizandos» proferida pelo padre João Peixoto, diretor do Secretariado da Liturgia, Porto, nas XIII Jornadas de verão para catequistas.

Áudio: Dinâmicas das relações interpessoais no grupo; resolução de conflitos:
Áudio: Dinâmicas das relações interpessoais no grupo; resolução de conflitos

Ouça e leve consigo a primeira parte do mini-curso «Dinâmicas das relações interpessoais no grupo; resolução de conflitos» proferida pela padre João de Deus Costa Jorge, da Universidade Católica Portuguesa (UCP) nas XIII Jornadas de verão para catequistas. 

Áudio: À descoberta da eucaristia: conhecer, celebrar e viver, em comunidade com os catequizandos:
Áudio: À descoberta da eucaristia: conhecer, celebrar e viver, em comunidade com os catequizandos

Ouça e leve consigo a primeira parte do mini-curso « À descoberta da eucaristia: conhecer, celebrar e viver, em comunidade com os catequizandos» proferida pelo padre João Peixoto, diretor do Secretariado da Liturgia, Porto, nas XIII Jornadas de verão para catequistas.

«A Escola Católica e a construção de uma sociedade mais livre»:
«A Escola Católica e a construção de uma sociedade mais livre»

Ouça o painel «A Escola Católica e a construção de uma sociedade mais livre» proferida na ação de formação para direções das escolas católicas a 20 de junho de 2017

«Como é que a Escola Católica responde aos desafios da educação hoje»:
«Como é que a Escola Católica responde aos desafios da educação hoje»

Ouça a conferência do padre João Seabra proferida na ação de formação para direções das escolas católicas a 20 de junho de 2017

13. Maria, caminho para Jesus:Download Documento
12. Maria, convite à conversão - oração em família:Download Documento
Anexo 1 - Aula 1:Download Documento
Anexo 3 - Aula 2:Download Documento
Anexo II - Aula 1 - PPT:Download Documento
Ilustrações - 3º e 4º ano:Download Documento
Ilustrações:Download Documento
Áudio: «A Família no contexto atual: interpelações à visão cristã da vida»:
Áudio: «A Família no contexto atual: interpelações à visão cristã da vida»

Ouça e leve consigo a conferência «A Família no contexto atual: interpelações à visão cristã da vida», por José Eduardo Borges de Pinho, UCP, durante a formação de docentes de EMRC 2017, subordinada ao tema «Dignidade da vida humana: Um percurso em contrução numa Escola com Lu )cide)z»

Áudio: «Todo o Homem é maior que o seu erro; A vida nas prisões»:
Áudio: «Todo o Homem é maior que o seu erro; A vida nas prisões»

Ouça e leve consigo a conferência «Todo o Homem é maior que o seu erro; A vida nas prisões» proferida por Cláudia Assis Teixeira, presidente da direção da Associação Foste Visitar-me, no dia 11 de fevereiro de 2017 na formação de docentes de EMRC.

Áudio: «Da hostilidade à hospitalidade»:
Áudio: «Da hostilidade à hospitalidade»

Ouça e leve consigo a conferência «Da hostilidade à hospitalidade» proferida por André Jorge, diretor do JRS em Portugal, na formação de docentes de EMRC, 2017

Áudio: «Mercadoria humana: exploração oculta, invisibilidade das vítimas»:
Áudio: «Mercadoria humana: exploração oculta, invisibilidade das vítimas»

Ouça e leve consigo a conferência «Mercadoria humana: exploração oculta, invisibilidade das vítimas», proferida pela irmã Júlia Bacelar, membro da Comissão de Apoio às vítimas de Tráfico de Pessoas na formação de docentes de EMRC

Áudio: «Mobilidade humana: sonhos de profeta, pergunta de Deus»:
Áudio: «Mobilidade humana: sonhos de profeta, pergunta de Deus»

Ouça e leve consigo a conferência «Mobilidade humana: sonhos de profeta, pergunta de Deus», proferida pela irmã Julieta Dias, da Comissão de Apoio às vítimas de Tráfico de Pessoas, na formação de docentes de EMRC.

Educar para a Interioridade:Download Documento
10M: Apresentação da Operação:Download Documento
Apresentação do Projeto:Download Documento
"Os materiais da catequese, comunhão eclesial e serviço ao povo de Deus":Download Documento
Apresentação resumo de "Educar hoje e amanhã- Uma paixão que se renova":Download Documento
UL1: Abraão:Download Flipchart
APEC: formação em Código do Trabalho:Download Documento
APEC: "Novas Regras do Código de Trabalho":Download Documento
Fórum EMRC 2014:Download Documento
XII Congresso das Escolas Católicas:Download Documento
PPT "As Catequeses da Fé":Download Documento
APEC: Formação para docentes e funcionários:Download Documento
outubro mês das missões:Download Documento
Despertar da Fé:Download Documento
Os Pastorinhos de Fátima (2ª parte):Download Documento
Os Pastorinhos de Fátima (1ª parte):Download Documento
Despertar da Fé com os Pastorinhos:Download Documento
Criação e Evolução:Download Documento
Apresentação: Fé e Ciência:Download Documento
Óscar Alonso:Diferentes modelos Pastorais em Escola católica:Download Documento
Óscar Alonso: "Projetos e práticas pastorais na escola Católica":Download Documento
Óscar Alonso: Cinco ambitos para os projectos de pastoral em escola católica:Download Documento
Material de Apoio à formação:Download Documento
XVII Congresso da OIEC:Download Documento
Braga: Plano de Formação 2011/2012:Download Documento
UL5: A fraternidade:Download Flipchart
Unidade Lectiva 3 - Condenação de Jesus Cristo:Download Flipchart
Unidade Lectiva 3 - Mensagem de Jesus Cristo:Download Flipchart
Unidade Lectiva 3 - Jesus Cristo:Download Flipchart
Unidade Lectiva 2 - A água na arte e Baptismo:Download Flipchart
Unidade Lectiva 2 - Funções da Água:Download Flipchart
Unidade Lectiva 1 - Os grupos:Download Flipchart
Unidade Lectiva 1 - Livros da Bíblia:Download Flipchart
Unidade Lectiva 1 - Decálogo:Download Flipchart
Unidade Lectiva 1 - À descoberta da Bíblia:Download Flipchart
Unidade Lectiva 1 - A Bíblia:Download Flipchart
Unidade Lectiva 3 - Meninos de Todas as Cores:Download Flipchart
Unidade Lectiva 12 - A Dignidade do Trabalho:Download Documento
Unidade Lectiva 9 - A Comunidade dos Crentes em Cristo:Download Documento
Unidade Lectiva 7 - Ciência e Tecnologia:Download Documento
Unidade Lectiva 6 - Um Sentido para a Vida:Download Documento
Unidade Lectiva 5 - Os Novos Movimentos Religiosos:Download Documento
Unidade Lectiva 4 - A Civilização do Amor:Download Documento
Unidade Lectiva 3 - Ética e Economia:Download Documento
Unidade Lectiva 2 - Valores e Ética Cristã:Download Documento
Unidade Lectiva 1 - Política, Ética e Religião:Download Documento
9º Ano - Horizontes de Esperança:Download Documento
8º Ano - Livres para Amar:Download Documento
7º ano - Desafios:Download Documento
6º Ano - Nós e o Mundo:Download Documento
5º Ano - Caminhos de Encontro:Download Documento
4º Ano - A Luz da Vida:Download Documento
3º Ano - O Grão de Trigo:Download Documento
2º Ano - O Tesouro:Download Documento
Materiais de Apoio ao Professor:Download Documento
Nota Pastoral sobre a Educação da Sexualidade:Download Documento
Conhecer o Islão:Download Documento
EMRC e Catequese:Download Documento
EMRC e os Destinatários:Download Documento
EMRC e a Vida:Download Documento
EMRC e os Sinais da Presença de Deus:Download Documento
EMRC e o Estado Português:Download Documento
EMRC e o Aluno:Download Documento
EMRC e a Família:Download Documento
EMRC e a Educação Integral:Download Documento
EMRC e a Cidadania:Download Documento
EMRC e as Questões Existenciais:Download Documento
EMRC e a Pessoa:Download Documento
EMRC e a Mensagem Cristã:Download Documento
Declaração Universal dos Direitos Humanos:Download Documento

Warning: mysql_fetch_array(): supplied argument is not a valid MySQL result resource in /home/educris/public_html/v2/artigo.php on line 60


AJUDA de Navegação


© SNEC, Todos os Direitos reservados | Contactos |