EESTATÍSTICAS DIOCESES E ESCOLAS

UTILIZADOR:  
PASSWORD:    

Solidariedade/Cáritas: «Juntos numa só Família Humana» é mote da semana nacional

Iniciativa nacional da Cáritas pretende chamar a atenção para a importância do encontro pessoal para a autocompreensão de si mesmo

 

O próximo Domingo, dia 17 de março, marca o início de mais uma Semana Nacional Cáritas. Sob o tema «Juntos numa só Família Humana» a inciativa conta com várias iniciativas que se estendem até dia 24 de março.

Na Mensagem para a Semana Nacional Cáritas o presidente da Comissão Episcopal da Pastoral Social e Mobilidade Humana, D. José Traquina convida a sociedade e refletir sobre a relação com os outros:

"Sabemos por experiência que é a partir do pessoal encontro (mais imediato ou mas mediato) com o outro que poderemos compreender quem somos".

Para o prelado é fundamental que cada Humano aprenda a "‘cuidar do mundo’, cuidando ‘da qualidade de vida dos mais pobres’" pois "a solidariedade não pode permanecer no abstrato. A missão da Cáritas é despertar para esta solidariedade no concreto (…)", sustenta.

Durante a Semana Nacional das várias Cáritas diocesanas vão promover "momentos de envolvimento público e de animação local". A nível nacional destaque para o peditório público, entre os dias 21 e 24 de março. 

"Este é um momento que a Cáritas privilegia não apenas pela sua dimensão de angariação de verbas, que se destinam à ação social local de todas as Cáritas diocesanas, mas por ser uma oportunidade de contacto direto com a população, com aqueles que apoiam a missão da Cáritas e, também, em muitas situações, com aqueles que são beneficiários da ação da Cáritas em Portugal. Uma oportunidade de estar «Juntos numa só Família Humana», releva a organização em comunicado.

Em 2018 a rede nacional Cáritas atendeu mais de 120 mil pedidos, com lembra o seu presidente nacional Eugénio Fonseca:

"Estes são dados que representam uma leitura da sociedade portuguesa que nos continua a dizer que há um número demasiado elevado de pessoas que enquanto aguardam por medidas de política redistributivas mais equitativas, necessitam de apoio da sociedade civil para poderem responder às necessidades básicas de sobrevivência e de dignidade humana".

A rede Cáritas é constituída, em Portugal, por vinte Cáritas Diocesanas, unidas na Cáritas Portuguesa. A nível nacional este trabalho é feito por um conjunto de 1500 colaboradores profissionais, 80 dirigentes e conta com a colaboração regular de cerca de 250 voluntários e mais de 5 mil voluntários ocasionais.

No ano de 2017 o Peditório Público angariou um total de 181.487,45 euros que foram aplicados nos diferentes projetos diocesanos de apoio socioeconómico à população em situação de carência.

Educris|15.03.2019



AJUDA de Navegação


© SNEC, Todos os Direitos reservados | Contactos |