EESTATÍSTICAS DIOCESES E ESCOLAS

UTILIZADOR:  
PASSWORD:    

Publicações: «Caderneta dos Santos», uma maneira divertida de conhecer vidas «com Sentido»

Projeto pretende dar a conhecer, de maneira lúdica e com a linguagem dos mais novos, vidas de santos e santas que são "modelo para a atualidade".

Chama-se «Caderneta dos Santos» e andou "um bom par de anos" a habitar o imaginário de Tiago Rodrigues, um jovem pai, profissional de gestão, e que viu uma "lacuna" no "crescimento espiritual dos mais novos":

"A ideia de fazer uma caderneta dos Santos surgiu numa conversa com o meu afilhado. Ele tinha na altura 8 anos de idade e mostrava-me uma coleção que estava a fazer, de cartas colecionáveis de figuras mitológicas. Estas figuras, que eram ricas em ficção, tinham poderes que ele sabia de cor. No entanto, não era tão conhecedor da vida de Jesus e de Maria como eu gostaria, o que me preocupava especialmente como seu padrinho", afirma o autor.

Perante o que considera ser "uma falha" Tiago Rodrigues pôs mãos à obra e, há 4 anos, começou a «Caderneta dos Santos», um projeto que viu "a luz do dia" no último trimestre de 2018.

"Como projeto demorou muito tempo a estar como desejávamos. Quisemos um produto "lúdico e divertido de formação religiosa, histórica e cultural, virado para os mais novos", diz Tiago Rodrigues.

O autor considera que "existe, em certa medida, uma lacuna no acompanhamento deste mundo dos mais novos" e pensa que a caderneta é "disruptiva e capaz de concorrer com qualquer caderneta colecionável no mercado".

Apesar de dirigida para católicos, «A caderneta dos Santos» pretende assumir-se como "uma coleção cultural e histórica e por isso susceptível de ser feita por qualquer pessoa, de qualquer idade".

Num mundo que parece, por vezes, ignorar o dado religioso, Tiago Rodrigues quer mostrar que os "santos não são apenas modelos de vida para os crentes mas pessoas que marcaram a história do seu tempo de modo excecional através de atos concretos de caridade e amor".

A primeira edição conta com 73 santos. Ao Educris o autor considerou a tarefa de selação como "muito difícil porque há mais santos do que se imagina":

"Tivemos que fazer uma seleção difícil. Começámos pela Família de Jesus, os Primeiros Santos, os Santos Pastores, os Santos Fundadores... e depois identificaram-se os respetivos Santos de maior devoção em Portugal. Depois de alguma indecisão chegámos a 73 figuras, que não são todas figuras individuais de Santos, isto é, foram contemplados 61 Santos, 5 Anjos, 6 Imagens de Nossa Senhora e 1 mosaico de Nossa Senhora de Fátima, o que perfaz as 73 figuras".

Para além do "cromo" a «Caderneta dos Santos» acrescenta uma "nota biográfica" o que permite aos mais novos "rever repetidamente a mesma imagem e a sua história" e ir "despertando a atenção para a personagem ilustrada e para os feitos da sua vida".

Até hoje o projeto conseguiu vender "mais de 3 mil cadernetas e 15 mil saquetas [ndr: com 5 cromos cada] e está presente em "vários pontos de venda católicos e laicos como as livrarias Paulus, as livrarias Salesianos e a tabacaria do El Corte Inglés de Lisboa, bem como em alguns Colégios Católicos".

Educris|12.03.2019



AJUDA de Navegação


© SNEC, Todos os Direitos reservados | Contactos |