EESTATÍSTICAS DIOCESES E ESCOLAS

UTILIZADOR:  
PASSWORD:    

Síria: Novos projetos de ajuda às populações

A Fundação Ajuda à Igreja que Sofre aprovou um novo pacote de medidas de ajuda para a Síria que inclue mais de 40 projetos de assistência pastoral e de emergência para os cristãos deste país

No valor global de mais de 3 milhões de euros, a Fundação AIS espera "contribuir para aliviar a grave situação em que o povo sírio se encontra não só pelas consequências directas da devastação causada pela guerra, que já entrou no oitavo ano, como, também, por causa das sanções económicas impostas ao país, nomeadamente o embargo de produtos petrolíferos", afirma uma nota enviada hoje ao Educris.

A fundação católica lembra as palvras de D. Joseph Tobji, Bispo Maronita de Aleppo, junto do Parlamento Europeu, onde denuncia as sanções como causa de morte "do povo sírio da mesma forma que as armas". 

Na ocasião o prelado deixou algumas perguntas aos deputados europeus: “Por que razão as crianças e os doentes têm que morrer por falta de remédios? Por que razão os desempregados, que perderam os seus empregos, têm de morrer de fome por causa do embargo?”.

A presente ajuda vai focar-se em Aleppo e de Homs para "estancar a saída de Cristãos do país que é uma consequência não só da guerra mas também da penúria económica que se vive na Síria":

"Os novos projetos tem atenção aos mais jovens e crianças e passam pela atribuição de bolsas de estudo, especialmente para os jovens de famílias que deixaram de ter meios para financiar a educação dos seus filhos, não só a nível da educação básica como também universitária", revela a organização.

Educris|17.07.2018



AJUDA de Navegação


© SNEC, Todos os Direitos reservados | Contactos |