Vaticano: «O Sonho Luther King continua atual», Papa Francisco

Papa recordou figura impar da história americana em dia de feriado nos Estados Unidos da América

“No Mundo de hoje, que enfrenta os desafios da injustiça social, divisões e conflitos atrapalham a busca pelo bem comum, o sonho harmonia e igualdade para todos, proferido por Martin Luther King, continua atual”, afirmou o Francisco numa publicação que assinala a efeméride

Na mensagem, enviada pelo Papa a Bernice Albertine King, filha do antigo pastor e ativista pelos direitos civis, Francisco assinala a necessidade de “trabalhar juntos para criar uma comunidade baseada na justiça e no amor fraterno”.

Assassinado em abril de 1968, Martin Luther King tornou ícone mundial dos que lutam pelos direitos civis. Na mensagem o Papa evoca o líder do movimento pelos direitos civis dos afro-americanos, e louva a sua opção pela “não violência e os instrumentos da paz” desafiando a humanidade a seguir o seu exemplo, hoje.

“Cada um de nós é chamado a ser um artesão da paz, unindo e não dividindo, extinguindo o ódio e não conservando-o, abrindo os caminhos do diálogo”, sintetiza.

Educris|18.01.2021



AJUDA de Navegação


© SNEC, Todos os Direitos reservados | Contactos |