EESTATÍSTICAS DIOCESES E ESCOLAS

UTILIZADOR:  
PASSWORD:    

Edições: Nova obra aborda «evangelho de São Marcos»

Biblista analisa figura de Marcos e sintetiza mensagem do evangelho mais antigo

O padre Franclim Pacheco, biblista da diocese de Aveiro, acaba de lançar a obra «Evangelho de Marcos, texto e comentário» em vésperas de novo ano onde a liturgia vai propor o evangelho “primeiro e mais antigo”.

“Este evangelho, escrito pelo apóstolo, esteve, durante quase 1800 anos, na ‘sombra do seu irmão maior, o evangelho de Mateus, sendo considerado como o evangelho primeiro e mais antigo”, revela o padre Franclim em declarações ao EDUCRIS.

O autor considera que esta “pode ser uma ferramenta muito útil a todos os catequistas, como instrumento de trabalho” e a todos os cristãos que queiram “compreender melhor a mensagem que o evangelista Marcos” e o sentido das palavras que tem “um valor para os cristãos de todos os tempos”, considera.

Luís Manuel Pereira da Silva, responsável pela Comissão Diocesana da Cultura de Aveiro, considera que o evangelho “apresenta uma atualidade tremenda em época de pandemia” pois é escrito “numa época em que os ouvintes|leitores de Marcos estão envolvidos num difícil cenário adverso como o da Roma de meados do primeiro século, onde as ‘fake news’ sobre os cristãos abundavam”.

“Para estes cristãos, Marcos aponta que o seguimento de Jesus não se faz sem tomar a cruz mas com a certeza de que ‘era necessário que o Filho do Homem sofresse muito e fosse rejeitado pelos anciãos, sumos-sacerdotes e escribas, fosse morto e, depois de três dias, ressuscitasse’ (8,31)”, considera no prefácio da obra.

Perfil do Padre Franclim Pacheco

Com especialização bíblica, pela Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma, Franclim Pacheco foi ordenado sacerdote em 6 de março de 1977 ao serviço da diocese de Aveiro. Exercendo o seu ministério sacerdotal em diversas paróquias e serviços diocesanos, tem vindo acumular o serviço pastoral com o ensino da Sagrada Escritura no Instituto Superior de Estudos Teológicos (ISET) de Coimbra, no Instituto Superior de Ciências Religiosas (ISCRA) de Aveiro, e atualmente na Escola de Teologia e Ministérios, de Coimbra, e no Centro de Formação D. António Marcelino (CEFAM) de Aveiro.

Educris|20.11.2020



AJUDA de Navegação


© SNEC, Todos os Direitos reservados | Contactos |