EESTATÍSTICAS DIOCESES E ESCOLAS

UTILIZADOR:  
PASSWORD:    

Viseu: Alunos vão simular «campo de refugiados»

Os alunos de Educação Moral e Religiosa Católica (EMRC) do Agrupamento de Escolas Tondela e de Tábua, em parceria com Exército Português, vão realizar, dias 26 e 27 deste mês, a atividade «Refugiados para a Paz».

A iniciativa destina-se aos alunos do 8.º ano, 9.º ano e secundário que frequentam a disciplina de EMRC nestas duas escolas e vai desenvolver-se no espaço da Escola Secundária Felismina Alcântara, em Mangualde, "onde será montado um Campo de Refugiados", afirma a professora Isabel Baptista em comunicado.

Na missiva a organização afirma ter como objetivoso proporcionar aos alunos "experiência única que complemente o seu percurso escolar" e que lhes dê a possibilidade de "refletir sobre a condição humana e a dignidade da pessoa" de modo a "formar consciências esclarecidas, fomentando o desenvolvimento do sentido crítico".

O projeto nasceu durante o ano letivo 2015/ 2016 no grupo disciplinar de EMRC do Agrupamento de Escolas Tondela Tomaz Ribeiro, o qual propôs uma parceria ao Regimento de Infantaria de Viseu, alargada ao Agrupamento de Escolas de Tábua que, para além de escola convidada, irá colaborar na preparação deste projeto.

Na atividade o Exército português fará um treino militar, aprovado pela NATO, onde se fará a demosntração de um conjunto de "dinâmicas implícitas no acolhimento e segurança de refugiados".

 




© SNEC, Todos os Direitos reservados | Contactos |