EESTATÍSTICAS DIOCESES E ESCOLAS

UTILIZADOR:  
PASSWORD:    

Idães: Cristianismo, Islamismo e Matemática

“Christianity, Islam and Mathematics” é um projeto do professor Ricardo Cunha que procurou, durante o ano letivo que agora finda, “encontrar pontes de diálogo entre Cristianismo e Islão, através do uso da matemática como fator de união da cultura e artes cristã e Islâmica”.

No relatório final de avaliação desta iniciativa a que o EDUCRIS teve acesso destacam-se variadas atividades que procuraram dar a conhecer “cada uma das religiões, com ênfase na origem, crenças, princípios éticos, livros sagrados e festividades das duas tradições religiosas” através de apresentações dos alunos das escolas Portuguesas e Turcas envolvidas.

Para o docente de EMRC Ricardo Cunha as novas tecnologias constituíram-se como “fundamentais ao desenvolvimento deste projeto” uma vez que permitiram, “via Skype”, a “partilha de cada uma das culturas e crenças” dos “diversos parceiros envolvidos”.

 

EMRC, um projeto de inovação Pedagógica

Consciente da necessidade de adequação da prática pedagógica aos novos areópagos e ferramentas digitais o projeto tornou-se “muito prático” permitindo “a partir da matemática como interlocutor entre tradições religiosas” entrar em contacto com outro país “questionando tradições religiosas e suas implicações no quotidiano” e “ percebendo muitas das suas formas de estar e agir”.

Ao longo do ano letivo muitos foram os trabalhos desenvolvido por estas comunidades de ensino “permitindo uma articulação entre áreas do saber tão distintas como a Matemática e Religião” com uma contributo precioso “dos docentes de inglês e artes”.

 

As novas tecnologias ao serviço do ensino

Ao longo de todo o projeto o uso das novas tecnologias de informação e comunicação (TIC) foram fundamentais para a persecução dos objetivos. Os alunos utilizaram “o email, o viber e o skype” de modo a estreitarem laços permitindo “uma comunicação mais direta” e uma troca “mais célere de resultados e questões que foram surgindo”.

Resultados e impacto

Para o docente Ricardo Cunha o projeto “foi enriquecedor em todas as suas vertentes, uma vez que permitiu que os alunos conhecessem melhor cada uma das tradições religiosas e se conseguissem posicionar de forma crítica e esclarecida face ao fenómeno religioso”. Esta troca de conhecimento proporcionou “uma maior abertura ao diálogo inter-religioso, bem como uma maior tolerância relativa a credos diferentes”.

Outra das mais-valias apontadas pela organização prende-se com a “articulação com a disciplina de matemática e desenvolvimento de capacidades linguísticas, em especial nos conceitos específicos das tradições religiosas, bem como de capacidades informáticas na utilização de ferramentas TIC para comunicação e elaboração de trabalhos e vídeos”.




© SNEC, Todos os Direitos reservados | Contactos |