EESTATÍSTICAS DIOCESES E ESCOLAS

UTILIZADOR:  
PASSWORD:    

Lisboa: Ecos da reunião de docentes de EMRC

A habitual Reunião Geral de Professores (RGP) de EMRC realizou-se no passado dia 27 de Setembro de 2014. Ainda se vislumbrou a possibilidade de adiá-la para uma altura em que já estivessem colocados mais docentes. Na verdade, até esta data, para lá dos docentes pertencentes aos quadros de AE/ ENA e do vasto conjunto de professores ligados ao Ensino Particular e Cooperativo, ainda se registam cerca de oitenta estabelecimentos de ensino onde não está colocado nenhum professor de EMRC. Por isso mesmo, face ao ano letivo anterior, estão sem escola cerca de setenta professores. No entanto, pesados os prós e os contras, em boa hora, todos foram convocados e muitos foram os que estiveram presentes.

As inquietações face ao futuro são inúmeras e por isso mesmo o Diretor do SDER, Pe. Paulo Malícia, acolheu-nos a todos com palavras de serenidade e de esperança, apresentando, objetivamente, os dados disponíveis, no sentido de se irem fazendo contas do processo de colocação de docentes e das expectativas legitimamente possíveis de alimentar.

O projeto do SDER para 2014/2015, “EMRC: Educação e Missão!”, foi apresentado como resposta da EMRC aos desafios lançados pelo Senhor Patriarca na convocatória do Sínodo Diocesano de 2016: “O sonho missionário de chegar a todos”. Tal desafio sinodal é interpelativo relativamente à própria identidade da Disciplina. Neste sentido o Diretor, Pe. Paulo Malícia, apelou para uma envolvência de todos os docentes neste caminho sinodal.

Com a intenção de oferecer alguns contributos pedagógicos, a Catarina António da FEC apresentou o projeto “M&M – Move-te pela Mudança”, destacando a existência de planos de aulas de educação para o desenvolvimento e cidadania global, no âmbito da EMRC, para o Ensino Secundário. Os guiões já estão disponíveis para serem aplicados. Realçou também a existência de guiões, em fase de conclusão, para o primeiro ciclo e bem assim o início de equipas de trabalho para os segundo e terceiro ciclos e o programa de formação de professores neste mesmo domínio. Teve, igualmente, especial destaque o projeto “GPS – Move-te pela Mudança”: os jovens como agentes de mudança, a partir da espiritualidade cristã no contexto da Cidadania Global.

A Irmã Beta Almendra, missionária comboniana, apresentou o projeto “Um Sorriso Faz a Missão”, disponibilizando-se para visitar as escolas e partilhar a experiência de missionação.

Com a mesma intencionalidade, o professor de EMRC e Maestro, António Ferreira, apresentou o CD “Diferentes & Especiais”, que considerou um bom contributo didático para a Disciplina.

Ainda nesta linha de contributos para a EMRC, o professor Nuno André apresentou o projeto “Experiência de Navegação”, como uma mais valia para a motivação dos alunos.

Todas as inquietações dos professores estiveram presentes na celebração da Eucaristia, onde a vida se renova e encontra sempre um sentido original, desafiando-nos à busca dessa identidade.

A RGP foi uma bela forma de começarmos este que pode ser considerado um ano zero para a disciplina de EMRC.

Fátima Nunes, Secretariado Diocesano do Ensino Religioso Escolar (SDER) de Lisboa




© SNEC, Todos os Direitos reservados | Contactos |