EESTATÍSTICAS DIOCESES E ESCOLAS

UTILIZADOR:  
PASSWORD:    

Setúbal: Mais de 500 adolescentes participam na «smardoor»

«Iremos com alegria para a casa do Senhor», assim ficará na minha memória esta Jornada de Adolescentes. A busca da «SmarDoor», da Porta Santa, pôs-nos a caminho até à casa jubilar de Jesus, o Rei da cidade de Almada. Bendito seja Deus!
O dia não foi perfeito. No meio de tantos trabalhos de preparação, tínhamos “encomendado” ao nosso Rei muitas coisas mas, pelos vistos, Ele tinha outros planos – melhores do que os meus, certamente… tem sido assim ao longo de toda a minha vida. Tínhamos pensado com Ele em estar sol e Ele acrescentou ao estado do tempo chuva e vento. Tínhamos pensado em 400 jovens e Ele acrescentou mais de 100. Tínhamos pensado em fazer algumas das atividades de uma determinada maneira, Ele baralhou-a. Pessoalmente, posso ter a tentação de ficar insatisfeito, irritado ou desanimado porque não consigo controlar tudo. Contudo, ontem o Senhor ensinava-me que a misericórdia do Rei é para os imprevistos da vida. A misericórdia acontece quando deixamos que Ele tome a dianteira das coisas.
Em peregrinação, do Seminário até ao Santuário, e já dentro da capela, ao ver todos aqueles jovens a passar pela Porta Santa, a ajoelhar-se diante do Sacrário, Ele dava-me a certeza interior de que perante as insatisfações humanas a sua graça basta. Ele só pede uma coisa: que nos rendamos, nos abandonemos à Sua vontade. É o passo crucial da fé que exige um êxodo de nós mesmos. Ontem (ou hoje e sempre) quem o deu (o dá ou dará) experimentou (experimenta ou experimentará) a verdadeira misericórdia. É o gesto de inclinação do Coração de Jesus sobre o nosso, que provoca uma libertação, uma iluminação interior que ilumina o exterior. 
Ontem o Senhor dava-me também a certeza interior de que a Sua misericórdia já tinha acontecido e estava a acontecer através da SmartDoor. Não sei como, nem em quem – espero que em todos! 
Bem, para ser rigoroso, até sei de algumas situações na vida de uma pessoa… na minha! Todo este caminho de preparação da Jornada só pode ser expressão disso: as facilidades que a Câmara de Almada nos deu no acesso a várias estruturas; a abertura da Capela da Santa Casa da Misericórdia de Almada; a assistência da PSP ao longo de todo o dia; as estruturas que pudemos utilizar, tanto a Igreja de Almada, como o próprio Santuário do Cristo Rei; os catequistas que trouxeram os jovens à Jornada; a tão animada participação da nossa Pastoral Juvenil; as cinco paróquias da Vigararia de Almada nas pessoas dos seus párocos, dos coordenadores de catequese e dos catequistas que deram um bonito testemunho de comunhão infatigável na oração e no serviço; a tão alegre presença do nosso Bispo; e, por fim, a participação de cada um dos mais de 500 jovens vindos de todas as partes da Diocese (inclusive da Comporta!) e os seus sorrisos no final do dia.
Julgo que já é muito para um dia só 
 mas este muito é a Misericórdia de Deus!

A generosidade e providência de Jesus, Cristo Rei, são excêntricas… e assim é o caminho do povo jovem de Setúbal que vai em direção a casa do Senhor! Assim é a Sua misericórdia! Assim é passagem pela Porta Santa, Jesus. Bendito seja Deus porque caminho convosco!
padre Rui Gouveia




© SNEC, Todos os Direitos reservados | Contactos |