EESTATÍSTICAS DIOCESES E ESCOLAS

UTILIZADOR:  
PASSWORD:    

Fernando Moita nomeado diretor do Secretariado Nacional da Educação Cristã

Anúncio faz parte do Comunicado final da 196.ª Assembleia Plenária da Conferência Episcopal Portuguesa que hoje terminou em Fátima

Recebeu a nomeação com “surpresa”, mas com “grande sensação de responsabilidade e alegria por que estamos na Igreja para servir”. Fernando Moita, 56 anos, e docente de Educação Moral e Religiosa Católica (EMRC) desde 1987 assume em setembro as novas funções:

“Não escolhi esta função, mas fui escolhido. Esta atitude de sentido do dever em aceitar uma missão que me é confiada num trabalho na área da educação onde vivo há muitos anos e que assume agora os vários departamentos com o sentido de servir e de levar a mensagem cristã aqueles a quem nos destinamos”.

Ao EDUCRIS Fernando Moita lembrou que o SNEC é “uma grande equipa que agrega vários milhares de cristãos que trabalham diariamente com crianças, adolescentes e jovens, neste setor central da vida da Igreja”.

Para o futuro o diretor nomeado apontou a necessidade de continuar o trabalho já iniciado de “encontrar uma linguagem adequada aos tempos e realidades infantis e juvenis” numa educação que “tem de abraçar o desafio das novas tecnologias” e “toda a humanidade em diálogo com a natureza para chegar a contruir a pessoa do hoje virada para o futuro”.

“Queremos ajudar a construir uma sociedade que seja mais humana mais justa e mais bela, dentro do ideário cristão”, apontou.

Considerando o papel do SNEC como uma “ponte” Fernando Moita lembrou o trabalho dos últimos anos da instituição presidida pelo diácono Acácio Lopes, no sentido de “procurar sinergias dentro de todos os agentes educativos cristãos que se preocupam com a educação dos jovens, adultos”.

“Temos que continuar este trabalho de maior ligação e construção de sinergias com os escuteiros, a pastoral juvenil e penitenciária, a comunicação social, e todos os agentes educativos fora da Igreja nos vários domínios por que tudo o que é humano interessa à educação cristã e por isso queremos estar onde se discute o futuro da sociedade”.

Aos catequistas, professores de EMRC e comunidades educativas das escolas católicas o novo diretor do SNEC deixou “uma palavra de profundo agradecimento por todas as horas que usam da sua vida para fazerem o mundo um lugar melhor. Sempre que nos dedicamos a um educando trazemos-lhes a novidade do cristianismo que consiste em Amar e olhar para a vida como algo a viver e a ser vivido. Fazemos todos os dias autênticos ‘milagres’ por que as vidas destes mais novos que ajudamos a crescer tornam o mundo mais humano. Sem uma educação o mundo seria uma barbárie”, sintetizou.

O diretor indigitado iniciará funções a 1 de setembro substituindo o diácono Acácio Lopes no exercicío das funções.

Perfil

Fernando Moita, 56 anos, natural da Guarda, é professor de EMRC desde 1987, foi orientador de estágio dos docentes de EMRC, foi professor na Escolas superior de Educação João de Deus, educação intercultural e administração e gestão escolar, e na Universidade Lusófona, teoria do desenvolvimento curricular. Fez parte das várias equipas de elaboração de manuais de EMRC dos vários programas da disciplina desde 1989. Foi membro de vários órgãos de gestão de escolas e agrupamentos na área da grande Lisboa. Dirige, desde há 5 anos, o Departamento da EMRC no SNEC função que acumulou, recentemente, com o Departamento da Escola Católica.

 

Educris|02.05.2019




© SNEC, Todos os Direitos reservados | Contactos |