EESTATÍSTICAS DIOCESES E ESCOLAS

UTILIZADOR:  
PASSWORD:    

Um homem que dedicou a sua vida à educação

O Secretariado Nacional da Educação Cristã considera a morte de D. Tomaz Barbosa da Silva Nunes, como "uma perda muito grande" para a Igreja e para a Educação Católica, e presta homenagem a um homem "que dedicou a sua vida pessoal e profissional à educação".

O bispo auxiliar de Lisboa iria cumprir o último ano de mandato como presidente da Comissão Episcopal da Educação Cristã.

Um dos seus últimos actos tinha sido trabalhar, com muito empenho, na realização do Seminário sobre as Escolas Católicas, uma iniciativa que arrancou precisamente no dia de hoje, 1 de Setembro.

"Quando procedi à abertura do Seminário, dizia que era com grande alegria que procedia ao meu primeiro acto oficial com director do secretariado nacional da educação cristã (SNEC). Mal sabia eu que iria misturar esse sentimento de alegria, com outro de consternação", refere Acácio Lopes.

Para o recém-nomeado director nacional do SNEC, o momento é de "grande transtorno e dilaceração do coração".

"Nestes momentos, apetece o silêncio, não há palavras que valham, só a fé e a esperança", acrescenta o mesmo responsável.

Acácio Lopes recorda D. Tomaz Nunes como "um homem cheio de experiência e muito trabalhador, que dedicou toda a sua vida pessoal e profissional à educação".

O director da SNEC tinha-se encontrado com o bispo "ainda há dois dias", para uma primeira reunião do secretariado depois das férias, e ele estava "bastante entusiasmado, vendia energia", garante Acácio Lopes.

"Este seminário, para o qual ele trabalhou muito para que fosse realizado, é um tributo para ele" sublinha ainda, numa homenagem à sua memória.

Cristina Sá Carvalho, enquanto psicóloga e responsável pelo departamento de formação e edição do SNEC, trabalhou muitos anos com D. Tomaz Nunes, tendo desenvolvido muitos projectos, não apenas a nível nacional mas também no plano diocesano, em Lisboa, em várias escolas.

"Era um companheiro extraordinário e um grande chefe e amigo. Gostei muito de trabalhar sob as suas ordens, tinha um entusiasmo enorme, na área da educação, e fazia-o com imensa criatividade, com método e seriedade, uma personalidade jovial. Ainda não interiorizei bem esta notícia", refere aquela responsável.

Cristina Sá Carvalho conheceu D. Tomaz Nunes ainda antes de ser bispo, na escola católica, onde tinham amigos em comum.

"Conversávamos muito sobre educação e eu achava muito positivo que houvesse um padre que soubesse tanto sobre esta matéria, que percebesse o quotidiano da escola" sublinha a psicóloga.

"Alguns anos mais tarde, começámos a trabalhar juntos e desde que o conheço, como bispo, mostrou sempre esse conhecimento, interesse e entusiasmo", revela.

Do ponto de vista humano, Cristina Sá Carvalho recorda "muitas situações difíceis que passaram", na resolução de problemas relacionados com a pastoral educativa, e destaca "a sua ética impecável, e o seu esforço constante por interpretar as situações e tomar as decisões correctas, independentemente daquilo que fosse o seu desejo pessoal, o que é muito raro encontrar hoje em dia".

A responsável pelo departamento de formação e edição do SNEC termina revelando as palavras do seu último encontro com D. Tomaz Nunes, esta semana:

"Quando reunimos para preparar o novo ano, ele sublinhou como aspectos fundamentais o cuidado a ter com as pessoas, a vontade de que todos trabalhássemos em equipa, numa forma muito descontraída, muito natural, o que me vai marcar para sempre, na minha vida pessoal e profissional".

D. Tomaz Barbosa da Silva Nunes, bispo auxiliar de Lisboa e presidente da Comissão Episcopal da Educação Cristã, faleceu durante a noite desta Quarta-feira, 1 de Setembro, aos 67 anos.

O corpo de D. Tomaz está na Igreja de Nossa Senhora de Fátima, em Lisboa, onde foi baptizado e ordenado Bispo.

Às 22h00,  o Cardeal Patriarca de Lisboa, D. José Policarpo, dirige o Ofício de Defuntos na mesma igreja.

A missa exequial, marcada para esta Quinta-feira, 2 de Setembro, às 11 horas, vai também ser presidida pelo Cardeal Patriarca.

Webmaster|2010-09-01|18:40:42|AE




© SNEC, Todos os Direitos reservados | Contactos |